A não-pertença no fluxo de consciência de Os meus sentimentos, de Dulce Maria Cardoso

  • Gabriela Cristina Borborema Bozzo Universidade Estadual Paulista Julio de Mesquita Filho (Unesp)
Palavras-chave: não pertença;, fluxo de consciência;, os meus sentimentos

Resumo

A investigação proposta busca compreender de que forma o fluxo de consciência constrói, no romance de Cardoso, a não-pertença que o tematiza. A baliza teórica utilizada concerne a psicologia social e o fluxo de consciência, constiuída, respectivamente, por Mente, Self e Sociedade, organizado por Charles W. Morris com as proposições de George H. Mead; e “A meia marrom” (2002, p. 471-498), de Auerbach.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Gabriela Cristina Borborema Bozzo, Universidade Estadual Paulista Julio de Mesquita Filho (Unesp)

 Mestranda em Estudos Literários. Título da pesquisa: “A não-pertença em Os meus sentimentos, de Dulce Maria Cardoso”

Referências

AUERBACH, E. A meia marrom. In: _____. Mimesis. São Paulo: Perspectiva, 2002, p. 471-498.
CARDOSO, D. M. Entrevista à Gustavo Bom. Dulce Maria Cardoso: “O que me fez pensar no que estamos aqui a fazer foi o olhar de um cão”. Entrevista. Diário de Notícias. 17 ago 2016. Disponível em: . Acesso em: 20 ago 2016.
_____. Entrevista à Vanda Marques. O amor é o mais benigno de todos os poderes. Entrevista. Jornal i. 17 mar 2014. Disponível em: . Acesso em: 7 de agosto de 2016.
_____. Os meus sentimentos. Rio de Janeiro: Tinta da China Brasil, 2012.
GENETTE, G. Discurso da narrativa. Trad. Fernando Cabral Martins. Lisboa: Vega, 1986.
GOMES, A. C. A voz itinerante. São Paulo: Edusp, 1993.
HONNETH, A. Luta por reconhecimento. Trad. Luiz Repa. São Paulo: Editora 34, 2003.
MORRIS, C. W. (Org.) Mente, Self e Sociedade. Trad. Maria Silvia Mourão. Aparecida: Ideias & Letras, 2010.
ZÉRAFFA, M. Pessoa e personagem: o romanesco nos anos de 1920 aos anos de 1950. Trad. Luiz João Gaia; J. Guinsburg. São Paulo: Perspectiva, 2010.
Publicado
2018-12-04
Como Citar
Bozzo, G. (2018). A não-pertença no fluxo de consciência de Os meus sentimentos, de Dulce Maria Cardoso. Revista Crioula, 1(22), 41-62. https://doi.org/10.11606/issn.1981-7169.crioula.2018.151639