Contos, depoimentos e memórias de escritoras negras brasileiras e moçambicanas

  • Ianá Souza Pereira Universidade de São Paulo
Palavras-chave: Classe, Raça, Escritoras Negras

Resumo

Este artigo pretende fornecer alguns elementos para uma reflexão sobre a criação literária de escritoras negras no contexto das literaturas de língua portuguesa e baseia-se na pesquisa de meu doutorado, que teve duas fontes de dados: o depoimento e a análise de obras literárias de escritoras negras, notadamente os livros de contos As andorinhas, de Paulina Chiziane, Insubmissas lágrimas de mulheres, de Conceição Evaristo, Malungos e milongas, de Esmeralda Ribeiro, e Ninguém matou Suhura, de Lilia Momplé. Neste estudo ora apresentado, discutiremos a escrita como ação política e a resistência dessas mulheres, que agem política e ideologicamente para descolonizar a história e as mentes de leitores, movimentando o espaço literário e seu discurso hegemônico.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ianá Souza Pereira, Universidade de São Paulo

Psicóloga. Mestra em Estudos Comparados de Literaturas de Língua Portuguesa (FFLCH/USP). Doutora em Psicologia social (IP/USP).

Referências

ADICHIE, C. N. O perigo de uma única história. TED – Ideas worth spreading, 2009.Disponível em: . Acesso em: 9 jan. 2018.
BEAUVOIR, S. O segundo sexo, 3. ed. Trad. Sérgio Milliet. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 2016a. v. 2.
BEAUVOIR, S. O segundo sexo. 3. ed. Trad. Sérgio Milliet. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 2016b. v. 1
BENJAMIN, W. Magia e técnica, arte e política. São Paulo: Brasiliense, 1994 [1936].
CHIZIANE, P. As andorinhas. Lisboa: Caminho, 2013c.
COLLINS, P. H. Aprendendo com a outsider within: a significação sociológica do pensamento feminista negro. Revista Sociedade e Estado, v. 31, n. 1, p. 99-127, jan./abr. 2016[1986]. Disponível em: . Acesso em: 13 jan. 2018
COLLINS, P. H. Em direção a uma nova visão: raça, classe e gênero como categorias de análise e conexão. In: MORENO, R. (Org.). Reflexões e práticas de transformação feminista. São Paulo: SOF, 2015. (Coleção Cadernos Sempreviva. Série Economia e Feminismo, 4.)
DAVIS, A. Mulheres, raça e classe. São Paulo: Boitempo, 2016.
DICIONÁRIO Houaiss da Língua Portuguesa. Rio de Janeiro: Objetiva, 2001.
EAGLETON, T. Marxismo e critica literária. Trad. Matheus Corrêa. São Paulo: Ed. Unesp, 2011.
EAGLETON, T. Teoria literária: uma introdução. São Paulo: Martins Fontes, 2006.
EVARISTO, C. Insubmissas lágrimas de mulheres. Rio de Janeiro: Malê, 2011.
EVARISTO, C. Gênero e etnia: uma escre(vivência) de dupla face. In: SEMINÁRIO NACIONAL MULHER E LITERATURA, 1., 2003, João Pessoa. Anais... João Pessoa: UFPB, 2003b. Disponível em: . Acesso em: jan. 2018.
HOOKS, B. Mulheres negras: moldando a teoria feminista. Revista Brasileira de Ciência Política, Brasília, DF, n. 16, jan./abr. 2015. Disponível em: . Acesso em: 11 jan. 2018.
MELO, M. C. V. A figura do griot e a relação memória e narrativa. In: LIMA, T.; NASCIMENTO, I.; OLIVEIRA, A. (Org.). Griots culturas africanas: linguagem, memória, imaginário. Natal: Lucgraf, 2009. p. 148-156.
MOMPLÉ, L. Ninguém matou Suhura. Maputo: Associação dos Escritores Moçambicanos, 1988.
MUNANGA, K. Teoria sobre o racismo. In: Racismo: perspectivas para um estudo contextualizado da sociedade brasileira. Niterói: Eduff, 1998.
MUNANGA, K. Negritude usos e sentidos. São Paulo: Ática, 1988.
RIBEIRO, E. Malungos e milongas. São Paulo: Edição da Autora, 1988.
SAFFIOTI, H. A mulher na sociedade de classes: mito e realidade. 3. ed. São Paulo: Expressão Popular, 2013.
SANTOS, N. S. Tornar-se negro: ou as vicissitudes da identidade do negro brasileiro em ascensão social. Rio de Janeiro: Graal, 1983.
SOUZA, C. A. S. A solidão da mulher negra: sua subjetividade e seu preterimento pelo homem negro na cidade de São Paulo. Dissertação (Mestrado em Ciências Sociais) – Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2008.
WOOLF, V. Profissões para mulheres e outros artigos feministas. Trad. Denise Bottmann. Porto Alegre: L&PM, 2015.
WOOLF, V. Um teto todo seu. Trad. Bia Nunes de Sousa e Glauco Mattoso. São Paulo: Tordesilhas, 2014.
Publicado
2018-12-28
Como Citar
Pereira, I. (2018). Contos, depoimentos e memórias de escritoras negras brasileiras e moçambicanas. Revista Crioula, 1(22), 14-38. https://doi.org/10.11606/issn.1981-7169.crioula.2018.153258