A PRODUÇÃO LITERÁRIA NO SÉCULO XIX SOB O OLHAR CAMILIANO

  • Jane Adriane Gandra Universidade de São Paulo (USP)
Palavras-chave: literatura, Camilo Castelo Branco, crítica literária

Resumo

NOSSA PROPOSTA CONSISTE EM DISCUTIR COMO PARTE DA EPISTOLOGRAFIA CAMILIANA, DIRIGIDA A DOIS CRÍTICOS LITERÁRIOS, ANTONIO FELICIANO DE CASTILHO E SILVA PINTO, PODE ILUSTRAR OS JUÍZOS LITERÁRIOS QUE CAMILO CASTELO BRANCO DISPENSAVA ÀS SUAS OBRAS E A DE OUTROS ESCRITORES PORTUGUESES DA SUA CONTEMPORANEIDADE. AS MISSIVAS TORNAM-SE UMA IMPORTANTE FONTE DOCUMENTAL PARA ELUCIDAR OS FATORES DE TENSÃO NA PRODUÇÃO LITERÁRIA DE SEU TEMPO, COMO: A RELAÇÃO AUTOR-OBRA-PÚBLICO, AS INTERVENÇÕES EDITORIAIS E, POR FIM, A NECESSIDADE DE PROFISSIONALIZAÇÃO NAS LETRAS.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Jane Adriane Gandra, Universidade de São Paulo (USP)
Mestranda em Estudos Comparados de Literaturas de Língua Portuguesa, FFLCH-USP. Pesquisa: A (De)formação da Imagem: Pinheiro Chagas refletido pelo monóculo de Eça de Queirós.
Publicado
2007-05-01
Como Citar
Gandra, J. (2007). A PRODUÇÃO LITERÁRIA NO SÉCULO XIX SOB O OLHAR CAMILIANO. Revista Crioula, (1). https://doi.org/10.11606/issn.1981-7169.crioula.2007.52711
Edição
Seção
Artigos e ensaios