Foco e Escopo

A revista Discurso, órgão oficial do Departamento de Filosofia da USP, surgiu em 1970. Quando atravessava a mais difícil fase de sua história, atingido duramente pela violência da ditadura, o Departamento extraiu da ameaça de seu desaparecimento a força e a coragem para criar um espaço de expressão.

A revista propôs-se a veicular não apenas a produção teórica de seu corpo docente, mas também as mais diversas manifestações de reflexão sobre a cultura, sem distinguir correntes ideológicas, linhas filosóficas ou áreas do saber. Assim se pretendia garantir o pluralismo e a liberdade, numa época de obscurantismo.

Mantendo sua vocação original, a Discurso pretende contribuir para o aprofundamento e a diversificação da reflexão filosófica no Brasil. 

Processo de Avaliação pelos Pares

Os volumes da revista Discurso são compostos por contribuições provenientes tanto das submissões on-line efetuadas em datas específicas (por meio de nosso portal OJS) quanto por contribuições escolhidas previamente pela Comissão Editorial, oriundas de encontros e congressos realizados por membros da Universidade de São Paulo.

Os artigos, resenhas e traduções serão primeiramente avaliados pela Comissão e, em casos pertinentes, serão encaminhados para avaliação cega entre pares, sendo que o andamento de sua avaliação será informado ao autor(a) por meio do portal OJS da revista.

A Comissão Editorial se reserva o direito de introduzir modificações necessárias para adaptar os textos ao padrão editorial e gráfico da revista. Em caso de eventuais modificações substanciais no âmbito conceitual dos textos, elas serão solicitadas aos autores.

Caso não haja resposta por parte da Comissão quanto ao estado da avaliação da submissão dentro de 45 dias, isso significa que esta não foi selecionada para apreciação por pares.


  • Editorial: é responsabilidade da Comissão Editorial da revista Discurso;
  • Artigos: publica artigos originais e inéditos em português ou em espanhol. Exige-se dos autores a titulação mínima de mestre;
  • Resenhas: publica resenhas originais e inéditas em português ou em espanhol de obras nacionais ou internacionais;
  • Entrevistas: publica entrevistas em português ou em espanhol, com intelectuais que tenham realizado importante contribuição em campos de estudo relacionados aos eixos de publicação da revista Discurso;
  • Traduções: publica textos clássicos/importantes vertidos para o português.

 

Periodicidade

Semestral

Política de Acesso Livre

Esta revista oferece acesso livre imediato ao seu conteúdo, seguindo o princípio de que disponibilizar gratuitamente o conhecimento científico ao público proporciona a propagação e o fomento do conhecimento.

Histórico do periódico

A revista Discurso, órgão oficial do Departamento de Filosofia da USP, surgiu em 1970. Quando atravessava a mais difícil fase de sua história, atingido duramente pela violência da ditadura, este Departamento extraiu da ameaça de seu desaparecimento a força e a coragem para criar um espaço de expressão.

A revista propôs-se a veicular não apenas a produção teórica de seu corpo docente, mas também as mais diversas manifestações de reflexão sobre a cultura, sem distinguir correntes ideológicas, linhas filosóficas ou áreas do saber. Assim se pretendia garantir o pluralismo e a liberdade, numa época de obscurantismo.