Uma cena para a perda: vergonha e melancolia

  • Suely Aires Universidade Federal da Bahia
Palavras-chave: Vergonha, Perda, Luto, Melancolia

Resumo

O presente artigo visa discutir a ausência de vergonha na melancolia e a satisfação dos pacientes em comunicar o desprezo por si mesmo, tal como descritos por Freud em 1917. Para tanto, segue a argumentação do ensaio Luto e Melancolia e indica os aportes conceituais necessários para a apresentação da melancolia como uma neurose narcísica, distinta da vivência de luto. Considerando que a vergonha é um afeto que se coloca na fronteira entre psíquico e social, busca refletir sobre as implicações clínicas de sua ausência na melancolia.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

Agamben, G. Homo Sacer: o poder soberano e a vida nua I. Tradução de Henrique Burigo. Belo Horizonte: UFMG, 2002.
Aires, S. “Era como se a vergonha devesse lhe sobreviver…”. In: De um discurso sem palavras. Nina Leite, J. Guillermo Milán-Ramos. Maria Rita Moraes (org). Campinas, sp: Mercado de Letras, 2012.
Britto, P. H. “De vulgari eloquentia”. In: Brito, P. H. Macau. São Paulo: Companhia das Letras, 2003.
Butler, J. (1997). A vida psíquica do poder: teorias da sujeição. Tradução de Rogério Bettoni. Belo Horizonte: Autêntica Editora, 2017.
Freud, S. (1893-1895). “Estudos sobre a histeria”. In: Freud, S. Obras Completas, volume 2: Estudos sobre a histeria (1893-1895). Tradução de Laura Barreto. Revisão da tradução: Paulo César de Souza. São Paulo: Companhia das Letras, 2016.
Freud, S. (1912). “Observações Psicanalíticas sobre um Caso de Paranoia Relatado em Autobiografia”. In: Freud, S. Obras Completas, volume 10: Observações Psicanalíticas sobre um Caso de Paranoia Relatado em Autobiografia (“o caso Schreber”), Artigos sobre Técnica e Outros Textos (1911-1913). Tradução e notas de Paulo César de Souza. São Paulo: Companhia das Letras, 2010.
Freud, S. (1914). “Introdução ao narcisismo”. In: Freud, S. Obras Completas, volume 12: Introdução ao Narcisismo: ensaios de metapsicologia e outros textos (1914-1916). Tradução e notas: Paulo César de Souza. São Paulo: Companhia das Letras, 2010.
Freud, S. (1914). As Pulsões e seus Destinos. Tradução de Pedro Heliodoro Tavares. Edição Bilíngue. Belo Horizonte: Autêntica Editora, 2013.
Freud, S. (1917). Luto e melancolia. Tradução de Marilene Carone. São Paulo: Cosac Naify, 2011.
Freud, S. (1920). “Além do princípio do prazer”. In: Freud, S. Obras Completas, volume 14: História de uma neurose infantil (“o homem dos lobos”); além do princípio do prazer e outros textos (1917-1920). Tradução de Paulo César de Souza. São Paulo: Companhia das Letras, 2010.
Freud, S. (1921). “Psicologia das massas e análise do eu”. In: Freud, S. Obras Completas, volume 15: Psicologia das massas e análise do eu e outros textos (1920-1923). Tradução de Paulo César de Souza. São Paulo: Companhia das Letras, 2011.
Freud, S. (1923). “O eu e o id”. In: Freud, S. Obras Completas, volume 16: O eu e o id, “autobiografia” e outros textos (1923-1925). Tradução de Paulo César de Souza. São Paulo: Companhia das Letras, 2011.
Freud, S. (1930). “O mal-estar na civilização”. In: Freud, S. Obras Completas, volume 18: O mal-estar na civilização, novas conferências introdutórias à Psicanálise e outros textos (1930-1936). Tradução e notas de Paulo César de Souza. São Paulo: Companhia das Letras, 2010.
Krutzen, H. (2000). Jacques Lacan: séminaire 1952-1980. Index référentiel. Paris: Anthropos.
Lacan, J. (1945). “O tempo lógico e a asserção de certeza antecipada”. In: Lacan, J. Escritos. Tradução de Vera Ribeiro. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 1998.
Lacan, J. (1969-1970). Seminário 17: O Avesso da Psicanálise. Versão Brasileira: Ari Roitman. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 1992.
Peres, U. T. (1996). “Dúvida melancólica, dívida melancólica, vida melancólica”. In: Melancolia. Urania Tourinho Peres (org). São Paulo: Escuta.
Peres, U. T. (2011). “Uma ferida a sangrar-lhe a alma”. In: Freud, S. (1917). Luto e melancolia. Tradução de Marilene Carone. São Paulo: Cosac Naify.
Shakespeare, W. (2003 [1611]). “Macbeth”. In: Shakespeare, W. Tragédias. São Paulo: Nova Cultural.
Simanke, R. (2009). A formação da teoria freudiana das psicoses. São Paulo: Ed. Loyola.
Soler, C. (2011). Les Affects Lacaniens. Paris: PUF.
Tisseron, S. (2014). La honte : psychanalyse d’un lien social. Paris: Dunod.
Publicado
2019-06-24
Como Citar
Aires, S. (2019). Uma cena para a perda: vergonha e melancolia. Discurso, 49(1), 101-113. https://doi.org/10.11606/issn.2318-8863.discurso.2019.159287
Seção
Artigos