Francis Hutcheson, da beleza à perspectiva do desígnio

Autores

  • Lisa Broussois

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2318-8863.discurso.2014.89392

Palavras-chave:

Beleza, Ordem, Harmonia, Desígnio, Sensibilidade

Resumo

O que é “a outra perspectiva nas obras da natureza”, de que fala Hutcheson? De que forma a beleza provê acesso a ela? O presente artigo discute o lugar dessa “outra perspectiva” na teoria estética de Francis Hutcheson. Trata-se de compreender por que o desígnio (design) surge do belo através de uma reflexão sobre a beleza em sua Investigação sobre a origem de nossas ideias da beleza e da virtude, de 1725. Buscaremos determinar se essa teoria estética estaria subordinada aos argumentos do desígnio ou se, em Hutcheson, esse campo de pesquisa filosófica já goza de alguma autonomia.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2014-12-12

Como Citar

Broussois, L. (2014). Francis Hutcheson, da beleza à perspectiva do desígnio. Discurso, 1(44), 97-126. https://doi.org/10.11606/issn.2318-8863.discurso.2014.89392

Edição

Seção

Artigos