Saúde na Amazônia: um modelo conceitual para a análise de paisagens e doenças

  • Ulisses E. C. Confalonieri
Palavras-chave: Amazônia, Saúde, Malária

Resumo

NESTE TRABALHO faz-se uma revisão do perfil epidemiológico das populações amazônicas em relação com a dinâmica socioambiental da região. Propõe-se um modelo conceitual de análise que inclui três grandes categorias de paisagens na Amazônia: naturais, antropizadas e construídas. A cada uma destas macropaisagens identifica-se um conjunto bem definido de agravos à saúde. Utilizando-se um conceito próprio de paisagem de doença, modificado da epidemiologia paisagística clássica, é feita uma análise comparativa da dinâmica epidemiológica da malária em seis tipos de paisagens, definidas com base em formas de usos da terra.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2005-04-01
Como Citar
Confalonieri, U. (2005). Saúde na Amazônia: um modelo conceitual para a análise de paisagens e doenças . Estudos Avançados, 19(53), 221-236. Recuperado de http://www.revistas.usp.br/eav/article/view/10056
Seção
Dossiê Amazônia Brasileira I