Segurança pública: presente e futuro

  • Luiz Eduardo Soares Universidade Cândido Mendes
Palavras-chave: Política de segurança pública, Prevenção e direitos humanos, Diagnóstico e prognóstico da violência criminal no Brasil, Presente e futuro das polícias brasileiras

Resumo

CERCA de 45 mil pessoas são vítimas de crimes letais, no Brasil, anualmente. As vítimas são, em sua maioria, jovens pobres e negros, moradores das periferias e favelas das grandes cidades. As polícias são parte do problema: elas têm sido, em geral, ineficientes, unilateralmente reativas, corruptas e violentas, sobretudo porque suas estruturas organizacionais são inadequadas ao cumprimento de suas obrigações constitucionais. Por outro lado, as políticas preventivas ainda são tópicas e fragmentadas. Se não houver uma profunda reforma institucional e legal, e se não forem atacadas as causas imediatas da violência, prevê-se um futuro sombrio.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2006-04-01
Como Citar
Soares, L. (2006). Segurança pública: presente e futuro . Estudos Avançados, 20(56), 91-106. Recuperado de http://www.revistas.usp.br/eav/article/view/10124
Seção
Dossiê Brasil: o país no futuro