A comida dos favelados

  • Marie-Caroline Saglio-Yatzimirsky Institut de Recherche pour le Développement
Palavras-chave: Favelados, Família, Exclusão, Desnutrição, Pobreza, Práticas e habitus alimentares, Classe social

Resumo

AO PROPOR uma qualificação dos aspectos sociológicos dos favelados em relação à alimentação, observa-se que a alimentação, em situação de pobreza, não é mais um fator de sociabilidade, mas, ao contrário, de exclusão. A abordagem econômica (constrangimento financeiro, acessibilidade) e a abordagem sociológica (famílias desestruturadas, desemprego, estilo de vida) explicam parte das práticas alimentares dos favelados e as estratégias de sobrevivência alimentar que eles desenvolvem. Além disso, a abordagem antropológica relaciona as práticas com o habitus alimentar de classe, os hábitos culturais e as representações corporais dos "pobres", oferecendo elementos para a compreensão da desnutrição.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2006-12-01
Como Citar
Saglio-Yatzimirsky, M.-C. (2006). A comida dos favelados . Estudos Avançados, 20(58), 123-132. Recuperado de http://www.revistas.usp.br/eav/article/view/10184
Seção
Alimentação e Educação I