Antes do pré-sal: emissões de gases de efeito estufa do setor de petróleo e gás no Brasil

  • Thiago de Araújo Mendes PUC
  • Saulo Rodrigues Filho Universidade de Brasília
Palavras-chave: Mudança de clima, Petróleo e gás natural, Emissões fugitivas de gases de efeito estufa, Pré-sal

Resumo

O Brasil possui uma das matrizes energéticas mais renováveis do planeta. Em razão da dimensão das reservas de hidrocarbonetos nos campos do pré-sal, abrem-se dúvidas sobre a manutenção desse padrão de matriz energética e de emissões de gases de efeito estufa (GEE) do setor. O objetivo deste artigo é identificar o padrão histórico das emissões fugitivas de GEE do setor de produção, transporte e refino de petróleo e gás natural no Brasil de 1990 a 2008, anterior ao processo de exploração do pré-sal. Conclui-se que as emissões absolutas aumentaram no período em cerca de 115% - incremento anual de 8,2 milhões de tCO2e. Porém, observou-se uma queda na relação de emissões de GEE por tonelada equivalente de petróleo produzida de 32%.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2012-01-01
Como Citar
Mendes, T., & Rodrigues Filho, S. (2012). Antes do pré-sal: emissões de gases de efeito estufa do setor de petróleo e gás no Brasil. Estudos Avançados, 26(74), 201-218. Recuperado de http://www.revistas.usp.br/eav/article/view/10633
Seção
Clima