De "Resíduo" a "Caso do vestido": formas da memória entre o contemporâneo e o arcaico

  • Simone Rossinetti Rufinoni Universidade de São Paulo; Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas
Palavras-chave: Carlos Drummond de Andrade, A rosa do povo, Lírica de guerra, Crise da narrativa

Resumo

Apesar da diversidade de assuntos e soluções formais, os poemas que compõem A rosa do povo, de Carlos Drummond de Andrade, reúnem-se sob a temática da guerra. Nesse contexto, chama atenção a sequência, na ordem da obra, entre os poemas "Resíduo" e "Caso do vestido" que, além de antagônicos em termos formais, parecem afastar-se da temática central. No entanto, apesar das diferenças, observa-se que ambos têm em comum a temática da memória e da crise da narrativa. Este estudo procura analisar a relação entre a memória e a perda da capacidade de narrar sob o pano de fundo da guerra articulado às especificidades do contexto local.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2018-04-01
Como Citar
Rufinoni, S. (2018). De "Resíduo" a "Caso do vestido": formas da memória entre o contemporâneo e o arcaico. Estudos Avançados, 32(92), 249-268. Recuperado de http://www.revistas.usp.br/eav/article/view/146449
Seção
Leitura de Ficção