Potencialidades do ensino de Biologia por Investigação

  • Daniela Lopes Scarpa Universidade de São Paulo. Instituto de Biociências
  • Natália Ferreira Campos Universidade de São Paulo. Instituto de Biociências
Palavras-chave: Ensino de Ciências por investigação, Alfabetização científica, Consenso construtivista, Ensino de Biologia

Resumo

A Biologia pode ser uma das disciplinas escolares mais interessantes ou mais enfadonhas para os estudantes, dependendo do modo como ela for abordada. Articulando aspectos do consenso construtivista com os eixos da Alfabetização Científica, este artigo pretende mostrar as potencialidades do ensino por investigação para o ensino de Biologia, de forma a torná-lo mais significativo aos estudantes. Sequências didáticas baseadas no ensino por investigação podem ampliar os objetivos do ensino de Biologia na perspectiva da Alfabetização Científica, permitindo situar os estudantes no centro do processo de ensino e aprendizagem de modo que desenvolvam compreensões sobre conceitos e teorias, sobre o processo de produção de conhecimento e sobre as relações entre ciência, tecnologia, sociedade e ambiente.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Daniela Lopes Scarpa, Universidade de São Paulo. Instituto de Biociências

é professora do Departamento de Ecologia do Instituto de Biociências da USP. Possui licenciatura e bacharelado em Ciências Biológicas pelo Instituto de Biociências da USP, mestrado e doutorado em Educação/Ensino de Ciências pela Faculdade de Educação da USP

Natália Ferreira Campos, Universidade de São Paulo. Instituto de Biociências

é doutoranda em Ensino de Biologia pelo Programa de Pós-graduação Interunidades em Ensino de Ciências-USP. Mestre em Ensino de Ciências na modalidade Biologia pela Universidade de São Paulo, bacharel e licenciada em Ciências Biológicas pelo Instituto de Biociências da USP.

Publicado
2018-12-12
Como Citar
Scarpa, D., & Campos, N. (2018). Potencialidades do ensino de Biologia por Investigação. Estudos Avançados, 32(94), 25-41. https://doi.org/10.1590/s0103-40142018.3294.0003
Seção
Ensino de ciências