Por uma dialética das controvérsias

o fim do modelo positivista na história das ciências

  • Gildo Magalhães Universidade de São Paulo. Centro Interunidades de Ciências
Palavras-chave: Historiografia da ciência, Positivismo, Controvérsias

Resumo

Este artigo descreve os impasses epistemológicos e metodológicos que caracterizam a pouca interação entre os historiadores da ciência no debate sobre suas linhas de pesquisa e afiliações. A influência positivista persistente tem impedido a valorização das controvérsias científicas e a historiografia da ciência se ressente dessa ausência, em detrimento de uma compreensão de como funciona a ciência.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Gildo Magalhães, Universidade de São Paulo. Centro Interunidades de Ciências

é professor titular do Departamento de História e diretor do Centro Interunidades de Ciências da USP. Fellow da Smithsonian Institution em Washington, DC, e da Chemical Heritage Foundation, em Filadélfia (Pensilvânia, EUA).

Publicado
2018-12-13
Como Citar
Magalhães, G. (2018). Por uma dialética das controvérsias. Estudos Avançados, 32(94), 345-361. https://doi.org/10.1590/s0103-40142018.3294.0022
Seção
Ensino de ciências