Comparando relações de cuidado: Brasil, França, Japão

  • Helena Hirata Centre National de la Recherche Scientifique, Paris, França
Palavras-chave: Cuidado, Comparações internacionais, Centralidade do trabalho das mulheres, Trajetórias profissionais e pessoais, Gênero, Divisão sexual do trabalho

Resumo

Considerando a centralidade das mulheres no cuidado, quer gratuito quer mercantilizado, verificaremos, numa abordagem comparada, os principais pontos de convergência e divergência no trabalho de cuidadoras/es de idosos no Brasil, França e Japão, de modo a apreender as formas de organização e realização do trabalho de cuidado como relação social e interindividual. A diversidade dos contextos social, econômico, político e cultural no seio dos quais se realiza o trabalho de cuidado é tratada aqui de maneira central. O artigo considera a divisão sexual do trabalho de cuidado, a relação subjetiva ao trabalho e o papel do trabalho emocional, levando em conta as características individuais e as trajetórias profissionais e pessoais das cuidadoras. Queremos mostrar como o gênero, a raça e a classe social coconstroem essas trajetórias.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2020-05-31
Como Citar
Hirata, H. (2020). Comparando relações de cuidado: Brasil, França, Japão. Estudos Avançados, 34(98), 25-40. https://doi.org/10.1590/s0103-4014.2020.3498.003
Seção
Trabalho Gênero e Cuidado