Espelhos do mal: arquivo e corrupção em Sade

Palavras-chave: Marquês de Sade, Arquivo, Erotismo, Derrida, Espelhos

Resumo

Neste artigo, o objetivo é pôr a obra e a vida do Marquês de Sade - em que impera a ideia de transgressão e de destruição - em contato com diversas noções de arquivo, sobretudo a de Jacques Derrida em Mal de arquivo, em que a pulsão de morte repousa no que é da ordem da conservação. Se a renovação com base em novas consignações é a condição de posteridade do arquivo, de que modo podemos ler Sade no século XXI?

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2020-07-07
Como Citar
Barbosa, A. (2020). Espelhos do mal: arquivo e corrupção em Sade. Estudos Avançados, 34(98), 263-278. https://doi.org/10.1590/s0103-4014.2020.3498.017
Seção
Cultura