México, ejemplo de las politicas anti-desarrollo del Consenso de Washington

  • Arturo Guillén Universidad Autónoma Metropolitana Iztapalapa
Palavras-chave: México, Consenso de Washington, Estagnação econômica, Novo-desenvolvimentismo, Estratégias de desenvolvimento, Nafta (TLCAN)

Resumo

A partir dos avanços conseguidos pelo "novo-desenvolvimentismo", o artigo examina as políticas macroeconômicas implementadas no México no contexto do Consenso de Washington, as quais, no caso mexicano, foram institucionalizadas com a assinatura do Tratado de Livre Comércio de América do Norte (TLCAN). Este tratado consolidou o modelo neoliberal e agrilhoou a sorte da economia mexicana ao desempenho da economia dos Estados Unidos. No artigo, a economia mexicana analisa-se como um caso paradigmático dos efeitos anticrescimento, de desarticulação dos sistemas produtivos e desestabilizadores das políticas pró-cíclicas inspiradas no Consenso de Washington. Conclui-se que os principais obstáculos para levar à prática uma estratégia alternativa de desenvolvimento no México, orientada ao crescimento sustentável com equidade, são políticos e residem na dominação do poder político por uma oligarquia financeira rentista que carece de qualquer ideia de projeto nacional.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2012-08-01
Como Citar
Guillén, A. (2012). México, ejemplo de las politicas anti-desarrollo del Consenso de Washington . Estudos Avançados, 26(75), 57-76. Recuperado de http://www.revistas.usp.br/eav/article/view/39484
Seção
Novo Desenvolvimento