Traduzir Ariosto: um depoimento

  • Pedro Garcez Ghirardi Universidade de São Paulo
Palavras-chave: Ariosto, Orlando Furioso, Poesia italiana, Literatura e loucura, Tradução

Resumo

Traduzir o Orlando Furioso requer não só redescobrir a "loucura" do poema, mas respeitar sua expressão clássica. Essas ideias levam o autor a comentar alguns aspectos de sua tradução.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2012-12-01
Como Citar
Ghirardi, P. (2012). Traduzir Ariosto: um depoimento. Estudos Avançados, 26(76), 109-120. Recuperado de http://www.revistas.usp.br/eav/article/view/47542
Seção
Dossiê Tradução literária