[1]
A. Meneses, “ "Dãolalalão" de Guimarães Rosa ou o "Cântico dos cânticos" do sertão: um sino e seu badaladal” , Estud. av., vol. 22, nº 64, p. 255-272, dez. 2008.