Análise da eficiência do setor de supermercados no Brasil

Autores

  • Marco Aurélio Marques Ferreira Universidade Federal de Viçosa; Departamento de Administração
  • Michele Moutinho Venâncio Universidade Federal de Viçosa; Departamento de Administração
  • Luiz Antônio Abrantes Universidade Federal de Viçosa; Departamento de Administração

DOI:

https://doi.org/10.1590/S1413-80502009000200007

Resumo

Este trabalho teve como objetivo analisar a eficiência técnica e de escala do setor de supermercados do Brasil, tomando como referência os 300 maiores supermercados listados no ranking da Associação Brasileira de Supermercados (ABRAS) em 2006. Para a análise da eficiência foi utilizada a abordagem Data Envelopment Analysis (DEA), que consiste de técnica não-paramétrica em que o desempenho das organizações é medido através da fronteira relativa de eficiência, baseada na matriz de insumos e produtos das Decision Making Units (DMUs). Embora, a eficiência técnica mostrou-se associada ao porte dos supermercados, destacou-se, de modo geral, baixos níveis de desempenho no setor, o que requer políticas de ação corretiva, visando garantir o seu crescimento bem como o bem estar social. A existência de benchmarks em todos os estratos estabelecidos torna-se referência para a construção de estratégias competitivas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2009-06-01

Como Citar

Ferreira, M. A. M., Venâncio, M. M., & Abrantes, L. A. (2009). Análise da eficiência do setor de supermercados no Brasil. Economia Aplicada, 13(2), 333-347. https://doi.org/10.1590/S1413-80502009000200007

Edição

Seção

Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)