Uma análise dos determinantes de desempenho em concurso público

Autores

  • Ivan Castelar UFC; Depto. de Economia Aplicada
  • Alexandre Weber Aragão Veloso UFMG; CEDEPLAR
  • Roberto Tatiwa Ferreira UFC; Depto. de Economia Aplicada
  • Ilton Soares University of Pennsylvannia

DOI:

https://doi.org/10.1590/S1413-80502010000100006

Palavras-chave:

Modelo Logit, Concurso Público, Mercado de Trabalho

Resumo

Este trabalho teve como objetivo examinar o papel dos fatores determinantes da aprovação em um concurso público. Tendo como amostra dados de um concurso realizado para o Banco Nordeste do Brasil, no qual concorreram 232.308 candidatos, e usando um modelo logit, as principais conclusões encontradas foram que renda familiar, tipo de educação, ser originário de região metropolitana, idade e ter cursado escola básica privada, são fundamentais para a aprovação do candidato. Enquanto que baixa renda pessoal e ter cursado apenas o ensino médio diminuem a chance do candidato ser aprovado. Os resultados reiteram, portanto, um ciclo vicioso de concentração de renda, o que pode ser extremamente danoso para uma região pobre como o Nordeste do Brasil.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2010-03-01

Como Citar

Castelar, I., Veloso, A. W. A., Ferreira, R. T., & Soares, I. (2010). Uma análise dos determinantes de desempenho em concurso público. Economia Aplicada, 14(1), 81-98. https://doi.org/10.1590/S1413-80502010000100006

Edição

Seção

Artigos