As condições de saúde afetam os rendimentos do trabalho? Evidências para o mercado de trabalho no Brasil

Autores

  • Wallace Patrick Santos de Farias Souza Universidade Federal do Rio Grande do Sul
  • Flávio Augusto Ziegelmann UFRGS
  • Erik Alencar de Figueiredo UFPB

DOI:

https://doi.org/10.11606/1980-5330/ea132569

Palavras-chave:

condição de saúde, efeito de tratamento, renda do trabalho

Resumo

O estudo busca mensurar o efeito das condições de saúde sobre o rendimento dos trabalhadores brasileiros, usando dados da PNAD de 2008. Para tanto, foram estimados o efeito de tratamento médio e quantílico com correção para o viés de seleção; o método de Lewbel (2012) que gera instrumentos internos a partir da heterocedasticidade dos resíduos e bounds para o efeito do tratamento seguindo Oster (2015). Os resultados mostram um impacto negativo de uma má condição de saúde na renda do trabalho para todas as especificações utilizadas, sendo o maior impacto sofrido por indivíduos localizados nos quantis mais baixos de renda.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Wallace Patrick Santos de Farias Souza, Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Departamento de Economia

Downloads

Publicado

2018-12-01

Como Citar

Souza, W. P. S. de F., Ziegelmann, F. A., & Figueiredo, E. A. de. (2018). As condições de saúde afetam os rendimentos do trabalho? Evidências para o mercado de trabalho no Brasil. Economia Aplicada, 22(4), 113-150. https://doi.org/10.11606/1980-5330/ea132569

Edição

Seção

Artigos