Crescimento econômico e emissões de CO2 no BRICS: uma análise de cointegração em painel

Autores

  • Alisson Silva de Castro Universidade Federal do Rio Grande do Norte
  • Janaina da Silva Alves Universidade Federal do Rio Grande do Norte
  • Daniel Caixeta Andrade Universidade Federal de Uberlândia https://orcid.org/0000-0002-5045-1913

DOI:

https://doi.org/10.11606/1980-5330/ea146203

Palavras-chave:

BRICS, emissões de CO2, curva de Kuznets ambiental, cointegração em painel

Resumo

Este trabalho pretende investigar a relação entre crescimento econômico e emissões de poluentes no grupo de países do BRICS a partir da base teórica da Curva de Kuznets Ambiental (CKA). Utilizou-se a metodologia econométrica de cointegração para dados em painel e os resultados do modelo empírico apontaram para evidências de uma curva no formato de “U” invertido, com pontos de inflexão de US$ 2.033,89 e US$ 2.057,61, respectivamente, nos estimadores DOLS e FMOLS. Além disso, os resultados indicaram que o consumo per capita de energia e o comércio internacional têm impacto, respectivamente, positivo e negativo sobre as emissões de CO2.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Alisson Silva de Castro, Universidade Federal do Rio Grande do Norte

Mestre em Economia pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (2017) e economista pela Universidade Federal de Uberlândia (2014). Foi estagiário-pesquisador da EMBRAPA Cerrados no período 2012/2014. Suas pesquisas concentram-se na área de Economia do Meio Ambiente e Métodos Quantitativos em Economia, especialmente, em valoração econômica dos recursos naturais e no estudo da relação entre crescimento econômico e emissões de poluentes (Curva de Kuznets Ambiental).

Janaina da Silva Alves, Universidade Federal do Rio Grande do Norte

Possui graduação em Economia (2002) e mestrado em Economia pela Universidade Federal da Paraíba (2005). Doutora em Economia (2009) pela Universidade Federal de Pernambuco e Professora da Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Ministra disciplinas na área de Métodos quantitativos, tais como, Economia Matemática, Estatística econômica, Introdução à Econometria, Econometria I e II na graduação e Métodos Quantitativos I e II na pós graduação em Economia. As pesquisas se concentram nas áreas de Métodos quantitativos (Econometria, Econometria de Séries Temporais, Econometria Espacial etc), Economia agrícola e regional, atuando principalmente nos seguintes temas: Integração de Mercados; Açúcar e Álcool; Eficiência de Mercado de commodities agrícolas e Análise espacial.

Daniel Caixeta Andrade, Universidade Federal de Uberlândia

Professor Associado do Instituto de Economia e Relações Internacionais da Universidade Federal de Uberlândia (IERI-UFU). É economista pela Universidade Federal de São João del Rei (2004), concluiu o mestrado em Economia pela Universidade Federal de Uberlândia (2006) e o doutorado em Desenvolvimento Econômico pelo Instituto de Economia da UNICAMP (2010), com período sanduíche na University of Vermont (EUA). Em 2014 concluiu seu estágio pós-doutoral na Flinders University of South Australia, sendo bolsista da CAPES. Faz parte do corpo docente do Programa de Pós-Graduação em Economia da Universidade Federal de Uberlândia. Atualmente (2020-2021) é presidente da Sociedade Brasileira de Economia Ecológica (ECOECO). Suas pesquisas são focadas na área de Economia dos Recursos Naturais, com ênfase em Economia Ecológica. Especificamente, vem trabalhando nos seguintes temas: aspectos teóricos e metodológicos da Economia Ecológica; políticas ambientais e desenvolvimento; sociometabolismo econômico; indicadores alternativos ao PIB.

Downloads

Publicado

2019-06-01

Como Citar

Silva de Castro, A., da Silva Alves, J., & Caixeta Andrade, D. (2019). Crescimento econômico e emissões de CO2 no BRICS: uma análise de cointegração em painel. Economia Aplicada, 23(2), 183-208. https://doi.org/10.11606/1980-5330/ea146203

Edição

Seção

Artigos