Determinantes espaciais das internações hospitalares do Sistema Único de Saúde por câncer de mama nas microrregiões do Brasil

Autores

  • Olívia Takahashi Margarido Universidade Estadual de Maringá
  • Cássia Kely Favoretto Costa Universidade Estadual de Maringá, Programa de Pós-Graduação em Ciências Econômicas
  • José Luiz Parré Universidade Estadual de Maringá, Programa de Pós-Graduação em Ciências Econômicas

DOI:

https://doi.org/10.11606/1980-5330/ea146620

Palavras-chave:

câncer de mama, econometria espacial, economia da saúde

Resumo

O objetivo deste artigo foi analisar os determinantes econômico e de gestão de saúde das internações hospitalares do Sistema Único de Saúde por câncer de mama feminino entre as microrregiões do Brasil no ano de 2013. Para tanto, utilizou-se a Análise Exploratória de Dados Espaciais (AEDE), além da especificação de modelos econométricos espaciais e do modelo GWR (Geographically Weighted Regression). Observou-se a associação positiva de PIB per capita, mamógrafos e consultas da Atenção Básica e negativa das equipes de saúde sobre as internações hospitalares pela doença, com destaque para a influência das regiões vizinhas e do impacto local.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Olívia Takahashi Margarido, Universidade Estadual de Maringá

Possui graduação em Ciências Econômicas pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (2013) e mestrado pelo Programa de Pós Graduação em Ciências Econômicas da Universidade Estadual de Maringá, com ênfase em economia da saúde (2018).

Cássia Kely Favoretto Costa, Universidade Estadual de Maringá, Programa de Pós-Graduação em Ciências Econômicas

Graduada em Ciências Econômicas pela Universidade Estadual de Maringá (2004), mestre em Economia pela Universidade Federal da Paraíba (2008) e doutora em Economia Aplicada pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (2012). Foi Coordenadora Adjunta do Programa de Pós-graduação em Ciências Econômicas (PCE), Universidade Estadual de Maringá (Maio/2016-Maio/2018). Atualmente é Coordenadora do PCE/UEM e Professora Adjunta nível B do Departamento de Economia - UEM. Realiza pesquisas nas seguintes áreas: Economia da Saúde, Microeconomia, Economia do Agronegócio e Métodos Quantitativos em Economia.

José Luiz Parré, Universidade Estadual de Maringá, Programa de Pós-Graduação em Ciências Econômicas

Atualmente é Professor Titular do Departamento de Economia da Universidade Estadual de Maringá (UEM) e do Programa de Pós-graduação em Economia (PCE/UEM). Possui graduação em Engenharia Agronômica pela Universidade Federal de Viçosa (1992), Mestrado (1995) e Doutorado (2000) em Economia Aplicada pela Universidade de São Paulo (ESALQ/USP). Tem experiência na área de Economia, com ênfase em Economia Agrária, atuando principalmente nos seguintes temas: agronegócio, desenvolvimento agrícola, economia paranaense, insumo-produto e econometria espacial. Atuou como avaliador institucional e de cursos pelo INEP/MEC. Coordenador do Programa de pós-graduação em Economia da UEM (2006/2008 e 2014/2016). Atua como Consultor do CNPq, da CAPES, da Facepe e da Fundação Araucária. Coordenador do Comitê Assessor da Área de Ciências Sociais Aplicadas da Fundação Araucária-PR (Gestão 2013-2016). É membro da Associação Brasileira de Estudos Regionais e Urbanos (ABER) e da Sociedade Brasileira de Economia e Sociologia Rural (SOBER).

Downloads

Publicado

2019-09-01

Como Citar

Takahashi Margarido, O., Favoretto Costa, C. K., & Parré, J. L. (2019). Determinantes espaciais das internações hospitalares do Sistema Único de Saúde por câncer de mama nas microrregiões do Brasil. Economia Aplicada, 23(3), 113-156. https://doi.org/10.11606/1980-5330/ea146620

Edição

Seção

Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)