Determinantes da ecoinovação nas empresas brasileiras: uma análise empírica

Autores

DOI:

https://doi.org/10.11606/1980-5330/ea161617

Palavras-chave:

indústria de transformação, heterogeneidade setorial, PINTEC, logit ordenado multinível

Resumo

O objetivo deste trabalho é analisar, por meio do método econométrico logit ordenado multinível e da Pesquisa de Inovação (PINTEC 2014), os determinantes da ecoinovação na indústria de transformação brasileira. Os resultados indicaram a importância das heterogeneidades setoriais na probabilidade das empresas ecoinovarem, além dos fatores individuais das firmas. Nesse sentido, sugere-se que o fortalecimento de ações de P&D, os investimentos públicos, a maior interação entre instituições de pesquisa e ensino comas empresas e instrumentos regulatórios específicos podem contribuir para se ter uma indústria de transformação mais aberta a práticas eficientes de gestão ambiental.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Gabriel Teixeira Ervilha, Universidade Federal de Viçosa

Possui Graduação em Ciências Econômicas pela Universidade Federal de Viçosa - UFV (2011), é Mestre em Economia (2014) e Doutor em Economia Aplicada (2019), ambas também pela UFV. Participa de trabalhos de pesquisa relacionados a elaboração e análise de projetos, viabilidade econômica, análise de eficiência, métodos econométricos, inovação e meio ambiente, dentre outras áreas.

Wilson da Cruz Vieira, Universidade Federal de Viçosa

Graduado em Engenharia Agronômica pela Universidade Federal do Piauí (1987), Mestre em Economia Rural pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (1992) e Doutor em Ciências (Economia Aplicada) pela Universidade de São Paulo (1995). Em 2000 realizou estágio de Pós-Doutorado na Universidade do Arizona, Estados Unidos. É professor da Universidade Federal de Viçosa desde 1993. Tem experiência na área de Economia, com ênfase em Economia Matemática, atuando principalmente nos seguintes temas: Crescimento e Desenvolvimento Econômico, Teoria dos Jogos e Economia Agrária e dos Recursos Naturais.

Elaine Aparecida Fernandes, Universidade Federal de Viçosa

Possui graduação em Ciências Econômicas pela Universidade Federal de Viçosa (2000), mestrado em Economia Aplicada pela Universidade Federal de Viçosa (2003) e doutorado em Economia Aplicada pela Universidade Federal de Viçosa (2006). Atualmente, é professora Associada I desta Universidade. Tem experiência na área de Economia, com ênfase em Meio Ambiente e Economia Internacional, atuando principalmente nos seguintes temas: degradação ambiental, indicadores ambientais, investimento direto, competitividade e inovação.

Downloads

Publicado

2019-12-01

Como Citar

Ervilha, G. T., Vieira, W. da C., & Fernandes, E. A. (2019). Determinantes da ecoinovação nas empresas brasileiras: uma análise empírica. Economia Aplicada, 23(4), 145-174. https://doi.org/10.11606/1980-5330/ea161617

Edição

Seção

Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)