A Emenda Constitucional dos Precatórios: Histórico, Incentivos e Leilões de Deságio

  • Maurício Bugarin UnB - Universidade de Brasília
  • Fernando Meneguin Núcleo de Estudos e Pesquisas Senado Federal
Palavras-chave: precatórios, finanças públicas, desenho de mecanismos, leilões

Resumo

A questão dos precatórios se transformou em problema de magnitude nacional, comprometendo bom funcionamento das instituições republicanas. Por um lado, estados e municípios se recusavam a pagá-los, argumentando insuficiência de verbas. Por outro lado, os credores exigiam o respeito a um direito legal. Uma nova legislação, a Emenda Constitucional nº 62, aprovada em 2009, estabeleceu um orçamento anual reservado ao pagamento de precatórios, bem como o uso de mecanismos de redução da dívida para ordenação de parte desse pagamento. Este artigo desenvolve uma análise econômica da Emenda Constitucional, que explica o apoio recebido pelos representantes dos estados e dos municípios no Congresso. Além disso, o artigo propõe e analisa uma forma específica para os leilões, baseando-se no formato dos leilões de Vickrey generalizados, que reduzem a dívida e o tempo necessário para seu pagamento.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Maurício Bugarin, UnB - Universidade de Brasília
Fernando Meneguin, Núcleo de Estudos e Pesquisas Senado Federal
Publicado
2012-12-03
Seção
Artigo