[1]
W. Sorte Junior, Uma análise de valores estéticos japoneses do período Heian: Miyabi e Mono No Aware, Estud. jpn., nº 40, p. 81-100, dez. 2018.