TAMARA KAMENSZAIN E PAUL CELAN: APROXIMAÇÕES POÉTICAS

  • Mariane Tavares Universidade Estadual de Campinas

Resumo

Tamara Kamensain e Paul Celan, ambos poetas do século XX, pertencentes à tradição judaica escrevem à partir de um luto. O luto de Celan é pessoal e coletivo, imerso no contexto da Segunda Guerra Mundial. O luto de Kamenszain é pessoal - a morte do pai - e coletivo pela Grande Buenos Aires. Fazendo um trajeto panôramico sobre a história dos judeos argentinos, em "O gueto" Tarama Kamenszain convida Paul Celan para ser um dos seus companheiros de viagem, onde a escrita é o caminho para sublimar o luto.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Mariane Tavares, Universidade Estadual de Campinas
Mariane Tavares é aluna do ppg em Teoria e História Literária do Instituto de Estudos da Linguagem da Unicamp, onde desenvolve sua dissertação de mestrado.

Referências

AGAMBEN, Giorgio. O que resta de Auschwitz?. Belo Horizonte: Boitempo, 2008.

FELSTINER, John. Paul Celan: poeta, superviviente, judío. Tradução de Carlos Martín e Carmen González. Madrid: Editorial Trotta, 2002.

FORSTER, Ricardo. Los hermeneutas de la noche: de Walter Benjamin a Paul Celan. Madrid: Trotta, 2009.

FREUD, Sigmund. Fixação em traumas: o inconsciente (1917 [1916-1917]). Conferência XVIII. In: ______. Conferências introdutórias sobre a psicanálise, p. 325. [p. 151]

GADAMER, Hans-Georg. Quem sou eu, quem és tu? : comentário sobre o ciclo de poemas Hausto-Cristal de Paul Celan. Tradução de Raquel de Abi-Sâmara. Rio de Janeiro: EdUERJ, 2005.

GENOVESE, Alicia. La doble voz. Poetas argentinas contemporáneas. Buenos Aires: Biblos, 1998.

KAMENSAIN, Tamara. La novela de la poesía. Buenos Aires: Adriana Hidalgo, 2012.

OLIVEIRA, Mariana Camilo de. A dor dorme com as palavras a poesia de Paul Celan nos territórios do indizível e da catástrofe. Dissertação de mestrado. Universidade Federal de Minas Gerais – Belo Horizonte: Faculdade de Letras da UFMG, 2008.

SIGANEVICH, Paula. Tamara Kamenszain poeta y testigo. In.: Grumo, Buenos Aires, N. 1, março de 2003, p. 62-67.

Publicado
2017-08-25
Como Citar
Tavares, M. (2017). TAMARA KAMENSZAIN E PAUL CELAN: APROXIMAÇÕES POÉTICAS. Revista Entrecaminos, 2(1), 48-64. Recuperado de http://www.revistas.usp.br/entrecaminos/article/view/111104
Seção
Anais das Jornadas