A CIDADE MODERNA NA VISÃO DE ROBERTO ARLT

  • Bruno Cruz Santana Universidade de São Paulo

Resumen

Este trabalho tem como objetivo estudar as visões da cidade moderna que se desdobram nas crônicas e nos contos de Roberto Arlt, produzidos entre os anos 1920 e 1930. Nestes textos está em foco a cidade de Buenos Aires, num período de intensas transformações políticas, econômicas e sociais provocadas pelos processos de modernização. O estudo das imagens deste novo espaço significa pensar as vanguardas latino-americanas como movimento artístico, embora heterogêneo, definido desde um lugar-comum, a cidade moderna.

Para isso, este estudo focalizará a relação entre crônica e conto, indicadora de uma mescla discursiva moderna que responde aos processos de modernização nos centros urbanos e de legitimação da literatura. A partir disto, voltamos à pergunta sobre a escrita literária no exercício de uma escrita híbrida e flexível que é a crônica moderna, especialmente, o importante papel da crônica na observação das novas experiências urbanas, num processo onde literatura e jornal se inter-relacionam na tentativa de representar a cidade.  

Descargas

La descarga de datos todavía no está disponible.

Biografía del autor/a

Bruno Cruz Santana, Universidade de São Paulo
Mestrando de Letras da área de Lingua e Literaturas Espanhola e Hispano-smericana, na Universidade de São Paulo.
Publicado
2017-08-25
Cómo citar
Santana, B. (2017). A CIDADE MODERNA NA VISÃO DE ROBERTO ARLT. Revista Entrecaminos, 2(1), 128-140. Recuperado a partir de http://www.revistas.usp.br/entrecaminos/article/view/132568
Sección
Anales de las Jornadas