Sobre a Revista

Foco e Escopo

Educação e Pesquisa publica somente artigos inéditos na área de Educação e não aceita trabalhos encaminhados simultaneamente para a própria revisa,  livros, outros periódicos do país ou do exterior. Uma vez enviados, os trabalhos serão objeto de apreciação prévia pelos integrantes da Comissão Editorial. Em seguida, aqueles que estiverem fora dos critérios editoriais da revista serão devolvidos aos autores, e os demais, encaminhados para a avaliação de pareceristas designados pela Comissão. Os trabalhos deverão ser enviados por meio da página da revista no Sistema SciELO de Publicação (http://www.scielo.org/php/index.php).

O prazo para resposta (aceitação ou recusa) varia conforme a complexidade das avaliações e de eventuais modificações sugeridas e realizadas. As datas de recebimento e aprovação de cada colaboração serão informadas no texto publicado. Cabe à Comissão Editorial definir, a cada volume da revista, os critérios para reunir os artigos já aprovados.

Educação e Pesquisa é uma publicação de acesso aberto sob licença CC BY-NC; gratuita e sem taxas para publicação dos textos nos idiomas em que são submetidos pelos (as) autores(as).

Educação e Pesquisa é uma publicação da Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo - FEUSP. A partir de 2018, é editada de forma contínua em volume único anual. Publicada desde 1975, a revista aceita artigos em português, espanhol e inglês.

Publica artigos inéditos na área de educação, em especial resultados de pesquisa de caráter teórico ou empírico, bem como revisões da literatura de pesquisa educacional.

O título abreviado da revista é Educ. Pesqui., que deve ser usado em bibliografias, notas de rodapé e referências e legendas bibliográficas.

Periodicidade

A revista é editada de forma contínua em volume único anual.

Política de Acesso Livre

Esta revista oferece acesso livre imediato ao seu conteúdo, seguindo o princípio de que disponibilizar gratuitamente o conhecimento científico ao público proporciona maior democratização mundial do conhecimento.

Fontes de indexação

A Educação e Pesquisa é indexada por:

  • BBE - Bibliografia Brasileira de Educação (Brasil, INEP)
  • EDUBASE (Brasil, FE/UNICAMP)
  • IRESIE - Indice de Revistas de Educación Superior y Investigación Educativa (México, UNAM)
  • Clase - Citas Latinoamericanas en Ciencias Sociales y Humanidades (México, UNAM)
  • PSICODOC - Colegio Oficial de Psicólogos de Madrid (Espanha)
  • LATINDEX - Sistema Regional de Información en Línea para Revistas Científicas de América Latina, en Caribe, Espanã y Portugal (México)
  • SOCIOLOGICAL ABSTRACTS (EUA, www.csa.com/factsheets/supplements/sociossl.php)
  • ERA - Educational Research Abstracts (Inglaterra, www.tandf.co.uk/era/)
  • DOAJ - Directory of Open Access Journals (Suécia)
  • AERA SIG - Communication of Research (EUA, www.aera-cr.asu.edu)

Versões on-line:

 

 

Objetivo

Educação e Pesquisa publica somente artigos inéditos na área de Educação e não aceita trabalhos encaminhados simultaneamente para a própria revista, para livros ou para outros periódicos do país ou do exterior. Uma vez enviados, os trabalhos serão objeto de apreciação prévia pelos integrantes da Comissão Editorial. Em seguida, aqueles que estiverem fora dos critérios editoriais da revista serão devolvidos aos autores, e os demais, encaminhados para a avaliação de pareceristas designados pela Comissão. Os trabalhos deverão ser enviados por meio da página da revista no Sistema SciELO de Publicação (http://www.scielo.org/php/index.php).

O prazo para resposta (aceitação ou recusa) é, em média, de seis meses, mas varia conforme a complexidade das avaliações e de eventuais modificações sugeridas e realizadas. As datas de recebimento e aprovação de cada colaboração serão informadas no texto publicado. Cabe à Comissão Editorial definir, a cada volume da revista, os critérios para reunir os artigos já aprovados.

Políticas editoriais

Com o objetivo de promover a ampliação das práticas de ciência aberta, garantindo assim a transparência nos processos de produção de conhecimentos, solicita-se aos autores que utilizarem dados originais em suas pesquisas, que explicitem todas as variáveis, condições de tratamento do material de análise e as metodologias empregadas para a produção dos dados analisados no estudo, de modo a fornecer documentação suficiente para que seja possível compreender as escolhas e as condições nas quais os resultados foram obtidos.

Política de direitos autorais e licença de uso

A publicação de um artigo em Educação e Pesquisa implica, automaticamente, por parte do(s) autor(es) a cessão integral e exclusiva dos direitos autorais da primeira edição para a revista, sem quaisquer honorários.

Após a primeira publicação, os autores têm autorização para assumir contratos adicionais, independentes da revista, para a divulgação do trabalho por outros meios (ex.: repositório institucional ou capítulo de livro), desde que citada a fonte completa, com as referências da mesma autoria e dos dados da publicação original.

As ideias e opiniões expressas no artigo são de exclusiva responsabilidade do autor, não refletindo, necessariamente, as opiniões da revista.

Política de ética e plagiarismo

As políticas editoriais da Revista Educação e Pesquisa foram estabelecidas em conformidade com as diretrizes definidas pelo Committee on Publication Ethics (COPE).

Princípios éticos

A revista Educação e Pesquisa desenvolve seus trabalhos em conformidade com princípios éticos e de respeito à cultura acadêmica e à produção intelectual, mantendo permanente o diálogo com seus autores, pareceristas e leitores em resposta a necessidades de correções, revisões, esclarecimentos ou retratações.

A revista Educação e Pesquisa resguarda seu processo editorial de interesses comerciais ou financeiros.

Conflitos de interesse

Caso a pesquisa desenvolvida ou a publicação do artigo possam gerar dúvidas quanto a potenciais conflitos de interesse, os autores devem declarar em nota final que não foram omitidas quaisquer ligações a órgãos de financiamento, bem como a instituições comerciais ou políticas. Do mesmo modo, deve-se mencionar a instituição à qual os autores eventualmente estejam vinculados ou que tenha colaborado na execução do estudo, evidenciando não haver quaisquer conflitos de interesse com o resultado nele apresentado.

Ineditismo

Similaridades com artigos e capítulos de livro anteriormente publicados, ou com textos disponibilizados em anais de evento, serão analisados, quanto ao caráter das semelhanças observadas, pelos editores-chefes, a partir de indicação da ocorrência pela secretaria. Essa avaliação poderá resultar em recusa inicial do artigo, quando as similaridades representarem não ineditismo do trabalho em relação a suas bases teórico-metodológicas e ou a seus resultados.

Ética na pesquisa

É necessário informar que as entrevistas e experimentações envolvendo seres humanos obedeceram aos procedimentos éticos estabelecidos para a pesquisa científica. É preciso garantir o anonimato aos sujeitos de pesquisa e, se necessário, às instituições, exceto se houver permissão para a identificação; a autorização ou restrição à identificação deve ser informada, em nota, no corpo do artigo. O mesmo princípio se aplica para a divulgação de imagens de pessoas e/ou de instituições.

Ações antiplagiarismo

Os autores devem responder às exigências de originalidade e ineditismo do artigo, no todo ou em parte, e garantir a explicitação de todas as fontes e referências que compõem o manuscrito. O atendimento a essas exigências e condições será atentamente verificado com as ferramentas disponíveis pela revista Educação e Pesquisa.

Diretrizes de ações da equipe editorial

A decisão pela publicação ou não de um artigo se faz com base em princípios de ética na pesquisa e na divulgação de informações, respeitando-se a legislação vigente e as boas condutas na cultura acadêmica.

Fatores referentes a posicionamento político ou ideológico, à diversidade étnica, de gênero ou religiosa, bem como às diferenças de perspectivas teóricas e metodológicas, não devem influenciar nas ações e decisões realizadas durante o processo editorial.

Os editores não conduzirão processo editorial de manuscritos em relação aos quais se estabeleça conflito de interesses.

As identidades de autores e pareceristas se manterão sob sigilo durante o processo editorial e após sua finalização.

Os editores responderão, de modo a zelar pela transparência do processo editorial, a questionamentos que se interponham por autores ou pareceristas sobre a avaliação dos manuscritos.

Diretrizes aos autores

Entende-se como autor todo aquele que tenha efetivamente participado da concepção do estudo, do desenvolvimento, análise e interpretação dos dados e da redação final. Recomenda-se não ultrapassar o número total de quatro autores. Caso a quantidade de autores seja maior do que essa, deve-se informar à secretaria e ao editor responsável o grau de participação de cada um. Em caso de dúvida sobre a compatibilidade entre o número de autores e os resultados apresentados, a Comissão Editorial reserva-se o direito de questionar as participações e de recusar a submissão se assim julgar pertinente.

Declaração de direito autoral

Ao submeter um artigo para publicação em Educação e Pesquisa o autor concorda com os seguintes termos:

1) O/os autor/es mantêm os direitos sobre o artigo, mas a sua publicação na revista implica, automaticamente, a cessão integral e exclusiva dos direitos autorais para a primeira edição, sem pagamento sob a Licença Creative Commons Attribution CCBYNC que permite o compartilhamento do trabalho com reconhecimento da autoria e publicação inicial neste periódico.

2) As ideias e opiniões expressas no artigo são de exclusiva responsabilidade do/os autor/es, não refletindo, necessariamente, as opiniões da revista.

3) Após a primeira publicação, o/os autor/es têm autorização para assumir contratos adicionais, independentes da revista, para a divulgação do trabalho por outros meios (ex.: publicar em repositório institucional ou como capítulo de livro), desde que respeitada a licença vigente no momento da publicação inicial pela revista e feita a citação completa da mesma autoria e da publicação original.

4) O/os autor/es de um artigo já publicado têm permissão e é/são estimulado/s a distribuir o seu trabalho on-line, sempre com as devidas citações da primeira edição.

Diretrizes aos pareceristas

O processo de avaliação de manuscrito deverá se realizar em sigilo, impedindo-se a apropriação ou divulgação, em qualquer esfera, das informações nele contidas.
O parecerista deverá se recusar a realizar a avaliação de manuscritos em que se configure a existência de conflitos de interesse.

A identificação de ausência de ineditismo ou de sobreposição do manuscrito, no todo ou em parte, em relação a textos já publicados deverá ser informada prontamente à Comissão Editorial da Revista Educação e Pesquisa.

Política de privacidade

Os nomes e endereços informados à revista serão usados exclusivamente para os serviços prestados por esta publicação, não sendo disponibilizados para outras finalidades ou a terceiros.

Normas editoriais

No ato da submissão de um artigo, a identificação do(s) autor(es) e a filiação institucional serão preenchidas em espaços próprios do Sistema SciELO e não devem constar do corpo do texto, o qual será enviado para avaliação cega dos pares. Tampouco se aceitam quaisquer outras referências que permitam ao avaliador inferir indiretamente a autoria do trabalho. As informações autorais serão registradas à parte, como metadados, e acessadas apenas pelos editores.
Na redação do artigo, devem ser observadas as seguintes orientações:

• O texto pode ser apresentado em português, espanhol ou inglês, fonte Times New Roman, tamanho 12 e espaçamento 1,5. Os originais deverão ser submetidos em extensão .DOC ou .DOCX (Word for Windows). Todas as páginas do original devem estar numeradas sequencialmente. O texto deve contar, ainda, com o mínimo de 35.000 e o máximo de 50.000 caracteres, considerados os espaços, as referências e excluído o resumo.

• O título do artigo deve ter no máximo 15 palavras e expressar com fidedignidade o conteúdo do artigo.

• O resumo deve conter entre 200 e 250 palavras e explicitar, em caráter informativo e sem enumeração de tópicos, os seguintes itens: tema geral e problema da pesquisa; objetivos metodologia utilizada; principais resultados e conclusões. Recomenda-se o uso de parágrafo único, voz ativa e na terceira pessoa do singular, frases concisas e afirmativas. Devem-se evitar: neologismos, citações bibliográficas, símbolos e contrações que não sejam de uso corrente, bem como fórmulas, equações, diagramas etc. que não sejam absolutamente necessários. A revista não solicita versão do resumo em inglês na entrega dos originais.

• As palavras-chave devem ser de 3 a 5.

• Os agradecimentos (opcionais) devem ser citados em nota de rodapé e sem quaisquer referências, diretas ou indiretas, à autoria.

Figuras (fotos, desenhos e mapas), tabelas, quadros e gráficos e figuras (fotos, desenhos e mapas) devem estar numerados em algarismos arábicos conforme a sequência em que aparecem, sempre referidos no corpo do texto e encabeçados por seu respectivo título. Imediatamente abaixo das figuras devem constar suas respectivas legendas textuais e ter título informado sempre antes de cada um dos itens. Depois de cada item é necessário registrar sua fonte. Quando o material for original da pesquisa, deve-se fazer a indicação com a redação “Fonte: dados da pesquisa.” ou “Fonte: elaboração própria.” Os mapas devem conter escalas e legendas gráficas.

• As imagens devem vir em formato JPG com resolução a partir de 300 dpi e ser apresentadas em dimensões que permitam sua ampliação ou redução sem que a legibilidade seja prejudicada. Todas as imagens devem ser enviadas também separadamente, em seus arquivos originais. O nome de cada arquivo deve corresponder ao nome da imagem (por exemplo: Gráfico 1).

Tabelas, quadros e gráficos devem ser encaminhados em seus arquivos originais. A revista não aceita tabelas e quadros em formato de imagem, mas apenas arquivos editáveis. O mesmo ocorre com os gráficos. Neste caso, mesmo que contenham imagens, partes textuais e/ou numéricas devem ser passíveis de edição.

• A revista não aceita fórmulas matemáticas em formato de imagem. Todas as fórmulas devem ser criadas a partir de editores como Word ou Excel e enviadas à revista nesses formatos.

Notas de rodapé de caráter explicativo devem ser usadas com parcimônia, apenas quando estritamente necessárias para a compreensão do texto. As notas devem estar numeradas em algarismos arábicos conforme a sequência em que aparecem no texto.

Citações no corpo do texto devem obedecer aos seguintes critérios:

a) Citações textuais de até três linhas devem ser incorporadas ao parágrafo, transcritas entre aspas e acompanhadas pelas seguintes informações entre parênteses: sobrenome do autor da citação, ano da publicação e número da página;

b) Citações textuais de mais de três linhas devem estar em parágrafo isolado, com recuo de 4 cm na margem esquerda, tamanho 11 e sem aspas;

• As referências devem obedecer à norma técnica NBR6023, de 30/08/2002, da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT). Apenas as obras citadas ao longo do texto devem figurar na bibliografia, a qual deve constar, sob o título de Referências, ao final do artigo e em página separada.

Métodos e estatísticas

Quando utilizados, os métodos estatísticos precisam ser descritos com o pormenor necessário para permitir o acesso aos dados originais e a verificação dos resultados apresentados por um leitor versado no assunto; ao mesmo tempo, deve-se evitar linguagem excessivamente técnica e apresentá-los com suficiente clareza de modo a favorecer a compreensão de um leitor não especializado. Tal solicitação aos autores requer providências como: procurar, sempre que possível, quantificar os resultados e apresentá-los com os correspondentes indicadores de erro de medição ou de incerteza (por exemplo, intervalos de confiança); evitar basear-se apenas em testes de inferência estatística, que não veiculam informação quantitativa relevante; discutir a elegibilidade das unidades de experimentação; fornecer informação pormenorizada sobre a aleatorização e sobre as observações; discutir a razoabilidade dos resultados e relatar possíveis limitações do método utilizado; especificar os programas informáticos utilizados; restringir quadros e figuras à quantidade necessária para explicitar a fundamentação do artigo e sua solidez; evitar quadros com muitos tópicos e duplicação de dados; definir termos estatísticos, abreviaturas e símbolos utilizados no artigo.

Processo de avaliação pelos pares

Os artigos recebidos para eventual publicação em Educação e Pesquisa serão previamente avaliados pela Comissão Editorial. Aqueles que estiverem fora dos critérios editoriais da Revista serão devolvidos e os demais encaminhados para a análise cega de pareceristas, sendo no máximo um deles membro da Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo, à qual a Revista está subordinada. Os avaliadores consultados terão, no mínimo, o título de doutor e pertencerão a instituições científicas diversas. Os nomes dos autores, dos pareceristas e das instituições a que pertencem permanecerão em sigilo durante todo o processo. A revista publica anualmente os nomes de seu corpo de pareceristas ad hoc.

O processo de avaliação de manuscrito deverá se realizar em sigilo, impedindo-se a apropriação ou divulgação, em qualquer esfera, das informações nele contidas.

O parecerista deverá se recusar a realizar a avaliação de manuscritos em que se configure a existência de conflitos de interesse.

A identificação, pelo parecerista, de ausência de ineditismo do manuscrito, no todo ou em parte, em relação a textos já publicados deverá ser informada prontamente à Comissão Editorial da revista Educação e Pesquisa.

Os aspectos que orientam a avaliação dos originais encaminhados aos pares para a análise são: conteúdo teórico e empírico, domínio da literatura científica, atualidade do tema, contribuição para a área de conhecimento específica, originalidade da abordagem, procedência da fundamentação metodológica, estrutura do texto e qualidade da redação. Os avaliadores poderão recomendar ou a aceitação integral do texto, ou a sua recusa, ou, ainda, indicar modificações necessárias para realização de nova avaliação. A Comissão Editorial poderá submeter as sugestões de reformulações ao autor, e estas, uma vez realizadas, poderão ser avaliadas ou pela Comissão Editorial, ou pelos mesmos pareceristas que as propuseram.

Condições para submissão

Todos os artigos resultantes de pesquisas originais devem ser submetidos com uma nota de rodapé na página inicial sobre a "Disponibilidade de dados", informando se o conjunto de dados está disponível publicamente ou não, e como acessá-lo. Os dados devem estar sempre disponíveis para eventual consulta por outros/as pesquisadores/as, observadas as restrições ao acesso público impostas pelas características materiais dos dados e/ou por seu modo de produção.

É necessário que se indique na nota o nível de acesso definido para o recurso aos dados, dentre as seguintes redações possíveis:

Disponibilidade de dados: O conjunto de dados que dá suporte aos resultados deste estudo não está disponível publicamente, devido a [indicação dos motivos]. A socilitação de acesso aos dados pode ser feita diretamente ao/à autor/a, pelo email [endereço de email].
Disponibilidade de dados: Todo o conjunto de dados que dá suporte aos resultados deste estudo foi publicado no próprio artigo.
Disponibilidade de dados: Todo o conjunto de dados que dá suporte aos resultados deste estudo foi publicado no artigo e na seção "Materiais suplementares".
Disponibilidade de dados: Todo o conjunto de dados que dá suporte aos resultados deste estudo foi disponibilizado no [nome do repositório]* e pode ser acessado em [URL ou DOI].
Disponibilidade de dados: Todo o conjunto de dados que dá suporte aos resultados deste estudo foi disponibilizado no [nome do repositório] com os identificadores [lista dos identificadores].*
* Sugere-se que o depósito dos dados, quando for o caso de sua disponibilização nesse nível de acesso, seja realizado no seguinte repositório:

Harvard Numeric Data Services Dataverse
http://dataverse.harvard.edu

Recomenda-se que os dados, instrumentos metodológicos e/ou materiais de análise subjacentes ao artigo e utilizados na concepção e realização da pesquisa sejam adequadamente citados no texto e listados na seção de referências, se possível remetendo-se à sua localização em repositório e com um identificador persistente como o DOI.

---------------------------------------------------------------------------------

Como referenciar Dados de Pesquisa:

BARNETT, C.L.; BERESFORD, N.A.; WALKER, L.A.; BAXTER, M.; WELLS, C.; COPPLESTONE, D. Element and radionucleide concentrations in representative species of the ICRP’s reference animals and plants and associated soils from a forest in North-west England. NERC — Environmental Information Data Centre, 2013. Disponível em: <http://dx.doi.org/10.5285/e40b53d4-6699-4557-bd55-10d196ece9ea> Acesso em 06 dez. 2016.
U.S. Department of Health and Human Services. Substance Abuse and Mental Health Services Administration. Office of Applied Studies. Treatment episode data set — discharges (TEDS-D) — concatenated, 2006 to 2011 [Data set]. doi: http://dx.doi.org/10.3886/ICPSR30122. v.2 – 2013.
YOON, J; SOFAER, H.R, SILLET, T. S, MORRISON, S.A., GHALAMBOR, C.K. Data from: The relationship between female brooding and male nestling provisioning: does climate underlie geographic variation in sex roles? Journal of Avian Biology, June 2016. Disponível em: < http://dx.doi.org/10.5061/dryad.f89h2> Acesso em: 06 dez. 2016.
(Em: https://www.aguia.usp.br/noticias/dados-materiais-metodos-revistas-exigem-dados-pesquisa-estejam-disponiveis/)

Declaração de ciência e concordância com as regras de submissão

Como parte do processo de submissão, os autores são obrigados a verificar a conformidade da submissão em relação a todos os itens listados a seguir. As submissões que não estiverem de acordo com as normas serão devolvidas aos autores.

a) O artigo é inédito e não foi submetido, concomitantemente, a outra publicação.

b) O(s) autor(es) e o(s) eventual(is) coautor(es) conhecem e declaram concordar com as políticas editoriais da revista para a publicação de artigos.

c) O título do artigo tem até 15 palavras.

d) O texto está dentro dos limites de tamanho: entre 35.000 e 50.000 caracteres (contando os espaços e as referências), excluído o resumo.

e) O resumo está dentro dos limites de tamanho: de 200 a 250 palavras.

f) As referências estão de acordo com a norma NBR6023 e NBR10520 da ABNT.

g) Não existem identificações da autoria, ou da(s) instituição(ões) a que pertence(m) o(s) autor(es), no texto que será enviado para as avaliações cegas de pareceristas externos (as informações autorais ficarão registradas apenas como METADADOS, acessados somente pelos editores).

h) O(s) autor(es) fica(m) ciente(s) de que, caso seu artigo seja aprovado, deverá enviar posteriormente resumo, título e palavras-chave vertidos para o inglês. Bem como a versão completa do artigo, caso indicado pela Comissão Editorial. Os custos com a versão e/ou revisão do inglês serão de responsabilidade do(s) autor(es).

i) O autor confirma que o(s) coautor(es) está(ão) ciente(s) e notificado(s) sobre a submissão do artigo e que após a submissão não é permitida inclusão ou exclusão de coautor(es).

j) O autor confirma que preencheu e anexou o formulário SciELO-Preprints de Conformidade com a Ciencia-Aberta junto aos arquivos submetidos para avaliação.

k) O autor está ciente de que não é permitido submeter novo artigo de sua autoria para avaliação enquanto participe de processo editorial em andamento.