Estudo comparado: fundamentos teóricos e ferramentas de investigação

  • Fabiany de Cássia Tavares Silva
Palavras-chave: Estudo Comparado, Programa de Pesquisa, Documentos Curriculares, Currículo

Resumo

Este texto expõe os fundamentos teóricos e as ferramentas de investigação de um programa de pesquisas que toma, como objeto e fontes de estudos, documentos curriculares (reconhecidos como currículo prescrito) produzidos para os espaços da educação básica, nas etapas da educação infantil, ensino fundamental e na modalidade de educação especial. Os fundamentos teóricos e as ferramentas de investigação não se constituem em uma simples apresentação, mas no reconhecimento de seus papéis estratégicos na retomada das discussões metodológicas sobre a comparação no desenvolvimento de pesquisas em educação, bem como no registro dos resultados em uma escrita mais rigorosa e menos híbrida, no campo dos estudos de currículos prescritos. Entendemos dar forma a uma versão da comparação fortemente deslocada para um plano teórico e metodológico, nominada estudo comparado. Tal plano inscreve-se em uma perspectiva local, isto é, determinada por uma localização geográfica reconhecida pelos estados e municípios, na investigação dos processos educativos e dos sentidos dos fenômenos curriculares nesses processos. Utilizamos a noção de versão por recorrermos ao cruzamento da educação comparada, da história comparada da educação e das ciências sociais comparadas. Em conclusão, o estudo comparado sobre documentos curriculares explicita processos de relativização cultural e ideológica no campo dos estudos curriculares, promotores de novas formas de escrita de outra história sobre/da prescrição.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2019-09-24
Como Citar
Silva, F. (2019). Estudo comparado: fundamentos teóricos e ferramentas de investigação. Educação E Pesquisa, 45, e193081. https://doi.org/10.1590/s1678-4634201945193081
Seção
Artigos