Repercussão da política nacional de educação especial no Espírito Santo nos últimos dez anos

Repercussion of the national policy in Special education in the state of Espírito Santo in the past ten years

Palavras-chave: Políticas públicas, Inclusão escolar, Espírito Santo

Resumo

Este texto objetiva refletir acerca da Política Nacional de Educação Especial na Perspectiva Inclusiva, suas implicações nas políticas públicas e ações voltadas aos alunos da educação especial, a partir do contexto do Espírito Santo (ES). Focaliza as dimensões da política, da oferta e da gestão no período de 2008 a 2018. Trata-se de um estudo de caso com o propósito inicial de historicizar a educação especial no estado, por meio da consulta a leis, resoluções, decretos e outros documentos, entrecruzados com os relatos dos gestores públicos de educação especial, na busca por captar as implicações da política nacional nas ações voltadas a essa população no ES. Por último, o estudo problematiza a trajetória da matrícula nas redes de ensino por meio de análise de matrículas do censo escolar relativas à educação especial. A análise aponta que as políticas de educação especial, no Brasil e no ES, são resultado de disputas, negociações e correlações de forças políticas de diferentes grupos sociais no âmbito do estado. Nesse sentido, revelam nuances e contradições, pois, ao mesmo tempo que asseguram a inclusão dos alunos da educação especial no ensino regular, também estabelecem apoio técnico e financeiro às instituições privadas sem fins lucrativos com atuação em educação especial.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2019-11-07
Como Citar
Almeida, M., Melo, D., & França, M. (2019). Repercussão da política nacional de educação especial no Espírito Santo nos últimos dez anos. Educação E Pesquisa, 45, e217129. https://doi.org/10.1590/s1678-4634201945217129
Seção
Seção Temática: Educação Especial