Compreensão cênica

possibilidade interpretativa de narrativas de (auto)formação de ex-pibidianas

Palavras-chave: Compreensão cênica, Narrativas de (auto)formação na docência, Ex-pibidianas

Resumo

Este artigo tem como escopo evidenciar a compreensão cênica como possibilidade interpretativa no processo de análise das narrativas de (auto)formação de ex-bolsistas do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência (Pibid). O texto afirma, por meio dessa metodologia, que as narrativas são entendidas como um processo recursivo, no qual estão dialogicamente articuladas entre quem fala e quem as ouve. As narrativas em foco foram escritas por 20 alunas em formação, participantes do Pibid em uma universidade federal do sul do Brasil, no período de 2010 a 2012. Essas narrativas foram posteriormente analisadas à luz da compreensão cênica e delas emergiram três cenas. A cena 1 reuniu narradoras e pesquisadoras na escuta que suscita a palavra dada; a cena 2 referiu-se a múltiplos fatos e vivências da vida cotidiana das narradoras; e a cena 3 salientou vivências e situações reprimidas ou esquecidas no processo narrativo. O conjunto das cenas configura tempos e espaços biográfico-narrativos e constitui-se como um conjunto sistêmico, em que o sentido do vivenciado/narrado é compreendido em conformação com espaços/tempos que lhe dizem respeito. O texto conclui que revisitar as trajetórias formativas das ex-estudantes permitiu clarificar o reservatório de imagens registradas por elas, fornecendo sentido e significado para a compreensão de suas escolhas e motivações na construção de identidades profissionais.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2019-11-07
Como Citar
Frison, L. M., & Abrahão, M. H. (2019). Compreensão cênica. Educação E Pesquisa, 45, e190102. https://doi.org/10.1590/s1678-4634201945190102
Seção
Artigos