Três teses histórico-críticas sobre o currículo escolar

Palavras-chave: Currículo, Pedagogia histórico-crítica, Ensino escolar

Resumo

O presente ensaio teórico toma como objeto o currículo escolar desde o enfoque históricocrítico. Apresentamos aqui os resultados da primeira etapa de nossa pesquisa de pósdoutoramento, que se voltou, em seu conjunto, ao problema da natureza e especificidade do currículo na educação infantil. Os achados aqui expostos resultam do esforço de delimitação teórico-conceitual da concepção geral de currículo na pedagogia históricocrítica. Tais resultados são expostos na forma de teses, as quais foram identificadas, sistematizadas e formuladas a partir de investigação conceitual-bibliográfica de obras selecionadas do campo teórico histórico-crítico que se dedicam ao problema em tela. São apresentadas e sustentadas três teses referentes à concepção geral de currículo, as quais colocam em destaque: 1) sua dimensão política e natureza mediadora, a partir da dialética entre objetivos e meios da educação; 2) a defesa dos clássicos, pontuando a necessária clarificação desse princípio histórico-crítico visando a evitar que se lhe dispense um tratamento simplificador e abstrato; 3) a relação entre os conteúdos do currículo e os problemas postos pela prática social global, a partir do conceito metodológico de problematização.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2019-11-19
Como Citar
Pasqualini, J. (2019). Três teses histórico-críticas sobre o currículo escolar. Educação E Pesquisa, 45, e214167. https://doi.org/10.1590/s1678-4634201945214167
Seção
Artigos