DELEUZE E CHAUI: LEITURAS PARALELAS SOBRE A ÉTICA DE ESPINOSA

Autores

  • Bárbara Lucchesi Ramacciotti

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2447-9012.espinosa.2013.82746

Palavras-chave:

Espinosa, Ética, Deleuze, Chaui, Paralelismo, Filosofia Prática

Resumo

: Neste artigo pretendemos verificar em que medida as leituras de Deleuze e de Chaui  nos ajudam a compreender a Ética de Espinosa como uma inovadora filosofia prática ou filosofia da práxis. O forte nexo entre teoria e prática tem sido enfraquecido por muitas leituras que defendem a tese do “paralelismo espinosano”, pois atribuem um privilégio do atributo pensamento em relação à extensão, isto implicaria em um privilégio da teoria em relação à prática e à experiência. As leituras de Deleuze e de Chaui, ao contrário, sublinham que a originalidade das teses teóricas da Ética reside em sua necessária aplicação prática, portanto na inseparabilidade entre teoria e prática, pensamento e extensão, mente e corpo, tipos de conhecimento e modos de vida. Ambos propõem outra interpretação da tese nuclear do paralelismo na filosofia de Espinosa. Desdobramos a pesquisa em três tópicos: 1) leitura de Deleuze: Ética enquanto filosofia prática; 2) problema do paralelismo: as diferentes leituras; 3) leitura de Chaui: Ética enquanto filosofia da liberdade. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2013-12-11

Como Citar

Ramacciotti, B. L. (2013). DELEUZE E CHAUI: LEITURAS PARALELAS SOBRE A ÉTICA DE ESPINOSA. Cadernos Espinosanos, (29). https://doi.org/10.11606/issn.2447-9012.espinosa.2013.82746

Edição

Seção

Artigos