A Noção de contemplação no Livro II da Ética de Espinosa

  • Luís César Oliva Universidade de São Paulo
Palavras-chave: Espinosa, Contemplação, Imaginação, Razão.

Resumo

O trabalho investiga o conceito de contemplação no livro II da Ética de Espinosa, levantando os usos do termo, bem como seu sentido preciso, nos contextos de cada um dos gêneros de conhecimento propostos pelo filósofo. A análise destes casos indica que Espinosa utiliza o termo para indicar o conhecimento de singulares, seja no terreno da inadequação (primeiro gênero) ou da adequação (terceiro gênero). As aparições do termo nas proposições sobre o segundo gênero (conhecimento de propriedades gerais) não comprometem a hipótese, pois não visam ao objeto propriamente dito deste gênero de conhecimento, mas a uma etapa prévia deste.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Luís César Oliva, Universidade de São Paulo
Professor do Departamento de Filosofia da Universidade de São Paulo
Publicado
2008-12-15
Como Citar
Oliva, L. C. (2008). A Noção de contemplação no Livro II da Ética de Espinosa. Cadernos Espinosanos, (19), 47-65. https://doi.org/10.11606/issn.2447-9012.espinosa.2008.89339
Seção
Artigos