Portal da USP Portal da USP Portal da USP

A semiótica hoje: avanços e perspectivas

Jacques Fontanille

Resumo


A pesquisa, de modo geral, deixou de pertencer apenas ao domínio de pesquisadores profissionais, na medida em que, atualmente, é uma das grandes funções das sociedades globalizadas, participando, consequentemente, dos modos de construção de identidades que essas sociedades propõem. Se a semiótica quer reconhecer-se ainda como disciplina de vocação científica, não pode escapar desse movimento global. Ao propor um corpo de conceitos e de métodos para questionar as práticas, os textos, os objetos, as interações sociais, as formas de vida e os modos de existência coletivos e da coletividade, a semiótica tem condições de construir esses sentidos, especialmente se trabalhar em colaboração com as outras ciências humanas e sociais que contribuem para edificar, cada uma de seu próprio ponto de vista, essa arquitetura das significações humanas. Neste artigo, tendo em vista esse cenário, buscaremos apontar quais são alguns dos desafios, dos avanços e das perspectivas da semiótica para o mundo de hoje. Ainda que não esgotemos as possibilidades de um projeto integral no âmbito da semiótica, acreditamos que pudemos escolher alguns exemplos que ocupam lugar de destaque nas preocupações atuais de nossa sociedade e que são objetos de uma demanda social e política mais urgente. Esperamos, portanto, que nossa reflexão seja suficiente para chamar a atenção de outros pesquisadores para os desafios sociais do século XXI, o que, ao nosso ver, deve ser uma das “vocações” da semiótica.


Palavras-chave


semiótica; formas de vida; ciência; sociedade

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.11606/issn.1980-4016.esse.2016.127608

Métricas do Artigo

Carregando métricas...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Publicação do Programa de Pós-Graduação em Semiótica e Linguística Geral da FFLCH-USP
ISSN: 1980-4016
Esta obra está licenciada com uma Licença