Semiótica e intertextualidade: um estudo da presença do Minimanual do guerrilheiro urbano na rede entre 2010 e 2016

  • Oriana de Nadai Fulaneti Professora adjunta de Língua Portuguesa e Linguística na Universidade Federal da Paraíba.
Palavras-chave: Semiótica, intertextualidade, <i>Minimanual do guerrilheiro urbano</i>, discurso digital

Resumo

Este trabalho consiste na investigação dos modos de (re)inserção de uma obra na rede quase meio século após o surgimento de sua versão original, o qual ocorreu em um momento “pré-internet”. A obra escolhida é o Minimanual do Guerrilheiro Urbano, escrito em 1969 por Carlos Marighella, e o material investigado são retomadas ao Minimanual presentes contemporaneamente na rede. Entre o final dos anos 1960 e a metade dos anos 2010 houve mudanças socioculturais, o aparecimento de novas mídias, de novos gêneros discursivos. Diante disso, surgem algumas indagações: que motivos levam ao resgate da obra? Como se dá a apropriação da mesma? Que mecanismos discursivos contribuem para a explicação desse ressurgimento? Partindo dessas e de outras questões, nosso objetivo é verificar as categorias semióticas que predominantemente se mantém e aquelas que mais se transformam na comparação entre o texto original e aqueles que remetem a ele meio século depois, em processos de construção de intertextualidade e da transmidiação, depreendendo, assim, as diferenças e semelhanças relativas à imagem do guerrilheiro e à organização e funcionamento dos textos estudados. Como resultados, observa-se que as retomadas são motivadas pelo gênero, por elementos visuais e sobretudo por traços passionais presentes na obra original e reconfiguradas no contexto estudado.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2016-12-06
Como Citar
Fulaneti, O. de N. (2016). Semiótica e intertextualidade: um estudo da presença do <i>Minimanual do guerrilheiro urbano</i&gt; na rede entre 2010 e 2016. Estudos Semióticos, 12(2), 38-46. https://doi.org/10.11606/issn.1980-4016.esse.2016.127613
Seção
Artigos