Portal da USP Portal da USP Portal da USP

A signagem de Décio Pignatari

Henrique Julio Vieira, Evelina Hoisel

Resumo


A modernidade literária e cultural vivenciou a ascensão de um perfil de escritor que conjugava a criação literária com o desenvolvimento de reflexões sobre a arte, a literatura e a cultura. A partir da década de 1960, com a consolidação e expansão dos cursos de pós-graduação na universidade brasileira, surge na cena cultural a figura do escritor/intelectual múltiplo, que conjuga a escrita criativa com a atividade docente em instituições de ensino superior e a produção de teorias críticas. Pretendemos, portanto, analisar a produção do escritor e professor paulista Décio Pignatari, observando os trânsitos discursivos efetivados entre a sua criação literária vinculada à Poesia Concreta e a sua atuação acadêmica (ensino e teoria crítica) na área de Semiótica. 123


Palavras-chave


Décio Pignatari; Crítica; Criação; Docência

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.11606/issn.1980-4016.esse.2016.127626



Publicação do Programa de Pós-Graduação em Semiótica e Linguística Geral da FFLCH-USP
ISSN: 1980-4016
Esta obra está licenciada com uma Licença