Semiótica tensiva e psicanálise: o andamento na sessão analítica

  • Bruna Paola Zerbinatti Universidade de São Paulo
Palavras-chave: Andamento, Enquadre, Semiótica tensiva, Psicanálise

Resumo

Este trabalho se propõe a realizar uma intersecção entre Semiótica Tensiva e Psicanálise, verificando como o conceito de andamento de Claude Zilberberg pode ser visto em sessões de análise. Para tanto, inicia-se uma discussão sobre as aproximações entre Zilberberg e Freud. Em seguida, uma sessão é dedicada à noção de enquadre analítico, campo em que a o conceito de andamento pode ser inserido, para, posteriormente, realizar-se o estudo do andamento em sessões de análise por meio de vinhetas clínicas.

Biografia do Autor

Bruna Paola Zerbinatti, Universidade de São Paulo

Psicanalista, Doutora em Semiótica e Linguística Geral pela Universidade de São Paulo (USP).

Publicado
2019-04-11
Como Citar
Zerbinatti, B. (2019). Semiótica tensiva e psicanálise: o andamento na sessão analítica. Estudos Semióticos, 15, 146-155. https://doi.org/10.11606/issn.1980-4016.esse.2019.153794