Uma abordagem semiótica da messianidade de Portugal em Mensagem, de Fernando Pessoa

Palavras-chave: Mensagem, Fernando Pessoa, Messianismo português, Semiótica

Resumo

À luz de contribuições provenientes tanto da Semiótica Narrativa quanto da Semiótica Tensiva, este trabalho aborda a obra Mensagem, do poeta português Fernando Pessoa. Tomando como unidade de sentido o conjunto de poemas que integram a referida obra, nosso objetivo é examinar como se estrutura a elaboração poética do messianismo português na retomada da história de Portugal por Pessoa. Nesse sentido, pretendemos demonstrar que o discurso do poeta esteia-se sobre um contrato transcendente entre Portugal e a instância divina, contrato esse que se revela, seja no uso reiterado das etapas narrativas da manipulação e da sanção, seja no apelo a um processo de triagem, que distingue Portugal das demais nações.

Biografia do Autor

Clebson Luiz de Brito, Universidade Federal do Rio Grande do Norte

Docente do Departamento de Letras da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, Rio Grande do Norte, Brasil. 

Glaucia Muniz Proença Lara, Universidade Federal de Minas Gerais

Docente da Faculdade de Letras da Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, Minas Gerais, Brasil.

Publicado
2019-08-19
Como Citar
Brito, C., & Lara, G. (2019). Uma abordagem semiótica da messianidade de Portugal em Mensagem, de Fernando Pessoa. Estudos Semióticos, 15(1), 181-196. https://doi.org/10.11606/issn.1980-4016.esse.2019.155343