Do caos sensorial às primeiras modalidades de organização psíquica: um estudo a partir da autobiografia da autista Donna Williams

  • Marina Martins Bialer Universidade de São Paulo. Instituto de Psicologia
  • Nelson Ernesto Coelho Júnior Universidade de São Paulo. Instituto de Psicologia
Palavras-chave: Autismo, Psicanálise, Percepção, Defesa

Resumo

No presente artigo enfocamos diversos mecanismos defensivos colocados em ação pela autista Donna Williams. Esses mecanismos fizeram com que ela pudesse sair da etapa inicial de caos sensorial no estado de retraimento autístico, para ir em direção a outras modalidades defensivas muito precoces em termos de desenvolvimento do aparelho psíquico. Enfocamos com destaque um primeiro registro associativo conectado à simultaneidade, que operacionaliza um primeiro modelo organizacional perceptivo anterior à organização representacional.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Marina Martins Bialer, Universidade de São Paulo. Instituto de Psicologia

Pos doutoranda Departamento Psicologia Experimental.

Nelson Ernesto Coelho Júnior, Universidade de São Paulo. Instituto de Psicologia

Professor Departamento Psicologia Experimental USP.

Publicado
2018-08-31
Como Citar
Bialer, M., & Coelho Júnior, N. (2018). Do caos sensorial às primeiras modalidades de organização psíquica: um estudo a partir da autobiografia da autista Donna Williams. Estilos Da Clínica. Revista Sobre a Infância Com Problemas, 23(2), 224-241. https://doi.org/10.11606/issn.1981-1624.v23i2p224-241