A suspeita de abuso sexual e o psicanalista

  • Vinicius Anciães Darriba Universidade do Estado do Rio de Janeiro
  • Andréa Barbosa de Albuquerque Universidade do Estado do Rio de Janeiro. Hospital Universitário Pedro Ernesto
Palavras-chave: abuso sexual contra a criança, psicanálise, perícia, clínica, verdade

Resumo

Diante da solicitação crescente de avaliação e acompanhamento de casos de suspeita de abuso sexual contra crianças no âmbito das instituições de saúde, este artigo discute o desafio que se coloca ao psicanalista quando se encontra em posição de responder a tais demandas, considerando o discurso em que elas se apoiam. O tema implica, portanto, interrogar de antemão o discurso em jogo, o que leva à problematização da conjunção entre responsabilidade subjetiva e responsabilidade jurídica, assim como entre clínica e perícia, da relação entre saber e verdade e das concepções da criança como objeto e sujeito.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Vinicius Anciães Darriba, Universidade do Estado do Rio de Janeiro

Professor adjunto do Instituto de Psicologia no Programa de Pós-Graduação em Psicanálise da Universidade do

Estado do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, RJ, Brasil.

Andréa Barbosa de Albuquerque, Universidade do Estado do Rio de Janeiro. Hospital Universitário Pedro Ernesto

Doutora em teoria psicanalítica pela Universidade Federal do Rio de Janeiro. Membro do Espaço Brasileiro de Estudos Psicanalíticos. Psicóloga do Hospital Universitário Pedro Ernesto da Universidade do Estado do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, RJ, Brasil.

Publicado
2018-12-31
Como Citar
Darriba, V., & Albuquerque, A. (2018). A suspeita de abuso sexual e o psicanalista. Estilos Da Clinica, 23(3), 611-625. https://doi.org/10.11606/issn.1981-1624.v23i3p611-625