Os objetivos do tratamento psicanalítico para Freud e para Winnicott

Palavras-chave: Freud, Winnicott, tratamento, sofrimento, continuidade de ser

Resumo

Neste artigo pretende-se apresentar os aspectos gerais, teóricos e descritivos, dos objetivos do tratamento psicanalítico para Freud e para Winnicott, para, ao final, explicitar algumas continuidades e rupturas nas suas concepções sobre qual seria o objetivo do processo psicoterapêutico psicanalítico. Nesse sentido, procura mostrar que Freud pensa o objetivo do tratamento psicanalítico em termos de uma estabilidade do eu nas relações interpessoais, pressionadas pela vida instintual e pelos valores superegoicos (também referidos à sexualidade), enunciado tanto de forma metapsicológica quanto descritiva, tendo em vista a diminuição do sofrimento; e Winnicott, numa ampliação da proposta de Freud, aponta esse objetivo para além da vida instintual ou sexual (ainda que sem deixar de considerá-la), buscando a conquista de um lugar para ser e continuar sendo, sentir-se real e levando a própria vida, ainda que isto possa ser sofrido.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Leopoldo Fulgencio, Universidade de São Paulo. Faculdade de Educação. Departamento de Psicologia da Educação e do Desenvolvimento Humano

Professor do Departameto de Psicologia da Educação e do Desenvolvimento Humano do Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo, São Paulo, SP, Brasil. 

Publicado
2018-08-31
Como Citar
Fulgencio, L. (2018). Os objetivos do tratamento psicanalítico para Freud e para Winnicott. Estilos Da Clinica, 23(2), 344-361. https://doi.org/10.11606/issn.1981-1624.v23i2p344-361