Enquadres diferenciados ser e fazer: a princesinha e o veneno da planta da floresta

  • Vera Lúcia Mencarelli
  • Adriana Micelli Baptista
  • Tania Maria José Aiello Vaisberg Universidade de São Paulo. Instituto de Psicologia. Departamento de Psicologia Clínica
Palavras-chave: crianças com HIV, comunicação do HIV, método psicanalítico, enquadres diferenciados, mudança psicoterapêutica

Resumo

Este trabalho objetiva pesquisar a potencialidade mutativa do uso de histórias ficcionais personalizadas para revelar diagnóstico de doença orgânica para crianças e adolescentes. Articula-se ao redor de sessões de atendimento psicológico de uma adolescente HIV+, registradas sob a forma de narrativas transferenciais e apreciadas à luz do Procedimento de Ambrosio e Vaisberg de avaliação de benefícios psicoterapêuticos. Por essa via, foi possível constatar que o uso da história favoreceu uma experiência mutativa de transição desde um posicionamento defendido e dissociado para outro mais integrado e menos ansioso, caracterizado pela possibilidade de maior tolerância ao sofrimento quando o pertencimento à vida comum é oferecido. Interlocuções clínico-reflexivas com a psicaná- lise winnicottiana finalizam o texto, evidenciando a passagem do diagnóstico HIV+ de objeto subjetivo para objeto pertencente ao mundo compartilhado

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Vera Lúcia Mencarelli
Doutora em Psicologia Clínica pelo Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo
Adriana Micelli Baptista
Mestre em Psicologia Clínica pelo Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo
Tania Maria José Aiello Vaisberg, Universidade de São Paulo. Instituto de Psicologia. Departamento de Psicologia Clínica
Livre-docente do Departamento de Psicologia Clínica do Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo
Publicado
2017-10-10
Como Citar
Mencarelli, V. L., Baptista, A., & Vaisberg, T. M. (2017). Enquadres diferenciados ser e fazer: a princesinha e o veneno da planta da floresta. Estilos Da Clinica, 22(2), 319-338. https://doi.org/10.11606/issn.1981-1624.v22i2p319-338
Seção
Artigos