A transferência na clínica psicanalítica de adolescentes

Autores

  • Luciana Carla Lopes de Andrade Centro Universitário Tiradentes
  • Charles Elias Lang Universidade Federal de Alagoas. Instituto de Psicologia

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.1981-1624.v25i2p297-312

Palavras-chave:

Adolescência, Transferência, Discurso, Psicanálise

Resumo

No presente artigo, apresenta-se uma leitura sobre a transferência na clínica psicanalítica de adolescente a partir de Freud e Lacan. Na clínica escuta-se o que é ser adolescente e se depara com um longo trabalho deste jovem por uma elaboração da falta no Outro. A partir do conceito de transferência em Freud, como a resistência mais poderosa ao tratamento, e do conceito de transferência em Lacan, apresentando o conceito de Sujeito Suposto Saber, traz-se uma vinheta clínica para ilustrar e discutir a transferência na clínica psicanalítica de adolescente. Entende-se, portanto, que a transferência é uma ferramenta necessária e fundamental para trabalhar na clínica e, no tocante à clínica de adolescente, o papel do analista é construir novas referências simbólicas para que o jovem possa se sustentar fora da família e encarar o seu desejo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Luciana Carla Lopes de Andrade, Centro Universitário Tiradentes

Psicóloga clínica, professora do curso de Psicologia do Centro Universitário Tiradentes, Maceió, AL, Brasil.

Charles Elias Lang, Universidade Federal de Alagoas. Instituto de Psicologia

Professor associado do Instituto de Psicologia da Universidade Federal de Alagoas, Maceió, AL, Brasil.

Referências

Alberti, S. (2004). O adolescente e o Outro. Rio de Janeiro, RJ: Zahar.

Calligaris, C. (2000). A adolescência. São Paulo, SP: PubliFolha.

Coriat, L. E. & Jerusalinsky, A. N. (1996). Aspectos estruturais e instrumentais do desenvolvimento. Escritos da criança 4 (3. ed., pp.7-13). (Trabalho original publicado em 1982).

Freud, S. (1996a). Romances familiares. In S. Freud, Edição standard brasileira das obras psicológicas completas de Sigmund Freud (J. Salomão, trad.,Vol. IX, pp. 219-222). Rio de Janeiro, RJ: Imago. (Trabalho original publicado em 1909).

Freud, S. (1996b). Contribuições para uma discussão acerca do suicídio. In S. Freud, Edição standard brasileira das obras psicológicas completas de Sigmund Freud (J. Salomão, trad.,Vol. XI, pp. 243-244). Rio de Janeiro, RJ: Imago. (Trabalho original publicado em 1910).

Freud, S. (1996c). Algumas reflexões sobre a psicologia do escolar. In S. Freud, Edição standard brasileira das obras psicológicas completas de Sigmund Freud. (J. Salomão, trad.,Vol. XIII, pp. 247-250). Rio de Janeiro, RJ: Imago. (Trabalho original publicado em 1914).

Freud, S. (1996d). A psicogênese de um caso de homossexualismo numa mulher. In S. Freud, Edição standard brasileira das obras psicológicas completas de Sigmund Freud. (J. Salomão, trad.,Vol. XIII, pp. 157-183). Rio de Janeiro, RJ: Imago. (Trabalho original publicado em 1920).

Freud, S. (2016a). Análise fragmentária de uma histeria. In S. Freud, Obras completas, volume 6: três ensaios sobre a teoria da sexualidade, análise fragmentária de uma histeria (O caso Dora) e outros textos (1901-1905). 1. ed. (P. C. de Souza, trad., pp. 173-320). Rio de Janeiro, RJ: Companhia das Letras. (Trabalho original publicado em 1905).

Freud, S. (2016b). Três ensaios sobre a teoria da sexualidade. In S. Freud, Obras completas, volume 6: três ensaios sobre a teoria da sexualidade, análise fragmentária de uma histeria (O caso Dora) e outros textos (1901-1905). 1. ed. (P. C. de Souza, trad., pp. 121-154). Rio de Janeiro, RJ: Companhia das Letras. (Trabalho original publicado em 1905).

Freud, S. (2017a). Sobre a dinâmica da transferência. In Iannini, G., & Tavares, P. H. (Orgs.). Obras incompletas de Sigmund Freud: Fundamentos da clínica psicanalítica. (1. ed., pp. 107-120). Belo Horizonte, MG: Autêntica. (Trabalho original publicado em 1912).

Freud, S. (2017b). Lembrar, repetir e perlaborar. In Iannini, G., & Tavares, P. H. (Orgs.). Obras incompletas de Sigmund Freud: Fundamentos da clínica psicanalítica (1. ed., pp. 151–164). Belo Horizonte, MG: Autêntica. (Trabalho original publicado em 1914).

Gutierra, B. C. C. (2002a). O mestre (im)possível de adolescentes – uma especial posição subjetiva na transmissão. Estilos da Clínica, 7(12), 36-47. doi: https://doi.org/10.11606/issn.1981-1624.v7i12p36-47.

Gutierra, B. C. C. (2002b). Transferência na adolescência: implicações clínicas e educacionais. Coleção LEPSI IP/USP. Recuperado de http://www.proceedings.scielo.br/scielo.php?pid=MSC0000000032002000400003&script=sci_arttext

Jerusalinsky, A. (2011). Para entender a criança: chaves psicanalíticas.(E. Parlato-Oliveira & R. E. O. Gomes-Kelly trads.). São Paulo, SP: Instituto Langage.

Lacan, J. (1979). O seminário, livro 1: os escritos técnicos de Freud, 1953-1954. (B. de Milan, versão brasileira). Rio de Janeiro, RJ: Zahar.

Lacan, J. (1992). O seminário, livro 17: o avesso da psicanálise, 1969-1970. (A. Roitman, Versão brasileira). Rio de Janeiro, RJ: Zahar.

Lacan, J. (1998a). O estádio do espelho como formador da função do eu. In J. Lacan, Escritos. (V. Ribeiro, trad., pp. 96-103). Rio de Janeiro, RJ: Zahar. (Trabalho original publicado em 1949).

Lacan, J. (1998b). Função e campo da fala e da linguagem em psicanálise. In J. Lacan, Escritos (V. Ribeiro, trad., pp. 238-324). Rio de Janeiro, RJ: Zahar. (Original publicado em 1953).

Lacan, J. (1999). O seminário, livro 5: as formações do inconsciente. (V. Ribeiro, trad.). Rio de Janeiro, RJ: Zahar. (Trabalho original publicado em 1957-58).

Lacan, J. (2003). Joyce, o sintoma. In J. Lacan, Outros escritos. (V. Ribeiro, trad., pp. 560-566). Rio de Janeiro, RJ: Zahar. (Trabalho original publicado em 1975).

Lacan, J. (2005). Nomes-do-Pai (A. Telles, trad.). Rio de Janeiro, RJ: Zahar.

Lacan, J. (2008). O seminário, livro 11: os quatro conceitos fundamentais da psicanálise, 1964. (M.D. Magno, trad.). Rio de Janeiro, RJ: Zahar.

Lacan, J. (2010). O seminário, livro 8: a transferência. (2. ed.). (D. D. Estrada, versão brasileira, R. do R. Barros, revisão). Rio de Janeiro, RJ: Zahar. (Exposição oral em 1960-1961).

Pisetta, M. A. A. M. (2011). O sujeito suposto saber e transferência. Revista Digital AdVerbum, 1(6), 64-73. Recuperado de http://www.psicanaliseefilosofia.com.br/adverbum/vol6_1/06_01_05sujeitosupostosaber.pdf.

Rassial, J.-J. (1999). O adolescente e o psicanalista (L. M. F. Bernardino, trad.). Rio de Janeiro, RJ: Companhia de Freud.

Transferência. (2010). In Minidicionário Houaiss da língua portuguesa (4. ed. rev. e aumentada, p. 765). Rio de Janeiro, RJ: Objetiva.

Downloads

Publicado

2020-08-29

Como Citar

Andrade, L. C. L. de, & Lang, C. E. (2020). A transferência na clínica psicanalítica de adolescentes. Estilos Da Clinica, 25(2), 297-312. https://doi.org/10.11606/issn.1981-1624.v25i2p297-312