Educação inclusiva e sexualidade na escola: relato de caso

  • Cláudia Dias Prioste Universidade de São Paulo; Faculdade de Educação
Palavras-chave: educação inclusiva, orientação sexual, educação especial, psicanálise e educação

Resumo

Embora o tema da sexualidade tenha ganhado amplitude na educação, manifestações sexuais continuam assustando os professores, sobretudo quando se trata de crianças com necessidades educacionais especiais. Partindo de referenciais psicanalíticos, propomos algumas reflexões sobre sexualidade e educação inclusiva. Escolhemos o caso de uma adolescente com Síndrome de Down incluída em classe regular para ilustrar nossas observações. Concluímos que as manifestações da sexualidade da pessoa com deficiência intelectual são interpretadas como desvio de conduta, ao invés de serem percebidas como curiosidade e desejo de saber. Nota-se que as reações morais predominam sobre o debate e o esclarecimento sobre o tema.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2010-06-01
Como Citar
Prioste, C. (2010). Educação inclusiva e sexualidade na escola: relato de caso. Estilos Da Clinica, 15(1), 14-25. https://doi.org/10.11606/issn.1981-1624.v15i1p14-25
Seção
Dossiê: Experiências Inclusivas