Os tempos da transmissão segundo a lógica de Lacan

  • André Oliveira Costa Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Palavras-chave: Transmissão, Estilo, Tempo lógico, Cultura

Resumo

Este artigo apresenta o processo de transmissão cultural por meio dos três tempos lógicos segundo o psicanalista Jacques Lacan. A transmissão é considerada como efeito da torção moebiana na relação entre sujeito e Cultura. O estilo marca um modo de transmissão e produção do sujeito que depende do recorte do objeto pulsional. A transmissão ocorre no tempo de dessubjetivação, quando o eu torna-se impessoal. Isto é sustentado pela análise do conto “A carta roubada”, de Edgar Allan Poe, à luz dos três tempos lógicos segundo Lacan.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

André Oliveira Costa, Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Psicanalista. Membro da Associação Psicanalítica de Porto Alegre. Doutor em Educação pela Faculdade de Educação da Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Publicado
2014-12-21
Como Citar
Costa, A. (2014). Os tempos da transmissão segundo a lógica de Lacan. Estilos Da Clinica, 19(3), 499-514. https://doi.org/10.11606/issn.1981-1624.v19i3p499-514