A Pragmática comunicativa em uma feira de Belém

  • Fábio Rodrigo de Moraes Xavier Universidade Federal do Pará
  • Marina Ramos Neves de Castro Universidade Federal do Pará
  • Fábio Fonseca de Castro Universidade Federal do Pará
Palavras-chave: Comunicação, Intersubjetividade, Interação, Feira

Resumo

Este artigo objetiva refletir sobre a pragmática comunicativa existente na feira do Guamá, localizada em Belém do Pará, na Amazônia brasileira. Nós procuramos observar, a partir de uma aproximação etnográfica, a movimentação social e as práticas de interação comunicativa  os sujeitos ali presentes em relação às dinâmicas de ocupação do espaço e à disposição dos produtos ali vendidos. A investigação evidencia a estruturação organizacional em sua dinâmica intersubjetiva e, a partir dessa perspectiva, observamos o desenvolvimento da ideia de lugar e a identificação que as pessoas desenvolvem com a localidade dentro de processos estéticos. Para reflexão, neste artigo utilizamos textos do teórico Maffesoli em que trata de localidade e práticas sociais no cotidiano. Também utilizamos a obra de Schutz quando interpretamos as práticas sociais através de tipificação nas estruturas sociais; assim como usamos a compreensão de forma social de Simmel.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Fábio Rodrigo de Moraes Xavier, Universidade Federal do Pará

Graduado em Comunicação pela Universidade Federal do Pará (UFPA) pesquisador pelo PPGCOM/UFPA Atua em conjunto com o Grupo de Pesquisa Fenomenologia da Cultura e da Comunicação, certificado pela (UFPA) do Programa de Pós - Graduação em Comunicação, Cultura e Amazônia da mesma instituição. 

Marina Ramos Neves de Castro, Universidade Federal do Pará

Professora da Faculdade de Comunicação e do PPGCOM/UFPA

Fábio Fonseca de Castro, Universidade Federal do Pará

Professor da Faculdade de Comunicação e do PPGCOM/UFPA

Referências

BACKHAUS, G. George Simmel as an eidetic social scientist. In: BACKHAUS, Gary. Sociological theory. Vol. 16, N. 3, pp. 280-191, 1998.

BECKER, H. As políticas da apresentação: Goffman e as instituições totais. Grenoble. 1999.

.

CASTRO, M. A arte na sua cotidianidade: Uma percepção de arte na feira do Guamá. Repositório da Universidade Federal do Pará. 152f. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal do Pará, Instituto de Ciências da Arte, Belém,. Programa de Pós-Graduação em Artes, 2013.

GOFFMAN, E. A situação negligenciada. In Ribeiro e Garcez. Porto Alegre: Ager, 1998.

____________________. Interactive ritual: Essays on face behaviour. Londor: Alen Lane, 1971.

HALL, S. A identidade cultural na pós-modernidade. Rio de Janeiro: ED. DP&A, 2003.

MALDONATO, M. A subversão do ser: identidade, mundo, tempo, espaço fenomenologia de uma mutação. São Paulo: Ed.Petrópolis, 2001.

MAFFESOLI, M. Elogio da Razão Sensível. Petrópolis: Ed.Vozes, 1998.

____________________. Au Creaux des apparences. Paris: PLON, 1990.

____________________. Elogio da Razão Sensível trad 4ª ed., Petrópolis, RJ: Vozes, 2008.

NOBRE, R. Weber e o Racionalismo Ocidental. In: CARVALHO, Alonso Bezerra; BRANDÃO, Carlos da Fonseca (Org.). Introdução à Sociologia da Cultura: Max Weber e Nobert Elias. São Paulo: Ed.Avercamp, 2005.

SCHUTZ, A.. Sobre a fenomenologia e relações sociais. Petrópolis: Ed.Vozes, 2012.

____________________. El problema de la realidad social: escritos I. 2. ed. Buenos Aires: amorrortu, 2008.

SMITH, G. Instantâneos ‘sub specie aeternitatis’: Simmel, Goffman e a sociologia formal. In: GASTALDO, Edison (Org.). Erving Goffman o desbravador do cotidiano. Porto Alegre: Ed.Tomo Editorial, 2004.

SIMMEL, G. O problema da sociologia. São Paulo: Ed. Ática, 1983.

LÉVI-STRAUSS, C. Introdução a obra de Marcel Mauss e o ensaio sobre dádiva. In: LÉVI-STRAUSS, Claude. São Paulo: Revista de sociologia e política. V.14, p.173-194, 2003.

Publicado
2018-12-27
Como Citar
Xavier, F., Castro, M., & Castro, F. (2018). A Pragmática comunicativa em uma feira de Belém. Revista Extraprensa, 12(1), 116-130. https://doi.org/10.11606/extraprensa2018.142489