Comunicação e militância no contexto étnico-racial brasileiro

  • Alexandre Francisco Braga Faculdade de Direito UFMG
Palavras-chave: comunicação, CONFECOM, militância negra

Resumo

Este trabalho é um Resumo Expandido ao IV Simpósio Internacional de Cultura e Comunicação na América Latina, tendo como foco alguns apontamentos sobre a participação da militância negra na I CONFECOM (Conferência Nacional da Comunicação), realizada entre os dias 14 e 17 de dezembro de 2009, em Brasília. Mostraremos como se deram as articulações da sociedade civil e dos movimentos sociais para impulsionar o avanço dessa pauta junto aos governos não só para, viabilizar o evento, mas uma posterior implementação das resoluções ali aprovadas. Como método de análise, consultamos os sítios das entidades sociais que compuseram a Comissão Organizadora Nacional, os documentos de opinião política das organizações não governamentais e consulta às 672 propostas aprovadas na Plenária Final do evento.   É possível inferir que o País avançou pouco desde a realização desta CONFECOM, pois nosso contexto comunicativo mantém-se hermético, concentrado e exclusivo nas mãos de famílias empresariais.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Alexandre Francisco Braga, Faculdade de Direito UFMG

Alexandre Francisco Braga é Estudante de graduação em Ciências do Estado na Faculdade de Direito da UFMG e Presidente da Unegro (União de Negras e Negros Pela Igualdade) em Minas Gerais.

Referências

1ª CONFERÊNCIA NACIONAL DE COMUNICAÇÃO. Caderno da 1ª Conferência Nacional de Comunicação. Ministério das Comunicações, FGV Projetos, unidade da Fundação Getúlio Vargas. Edição: Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República. Disponível em: file:///C:/Users/CAR/Downloads/confecom-14_10_2010.pdf .Acesso em: 02 out.2018.

ANDRADE JÚNIOR, Jacks de Mello; FOSTER, Eugênia da Luz Silva. O negro na comunicação, estereótipos racistas. Disponível em:http://revistaleph.uff.br/index.php/REVISTALEPH/article/view/626.Acesso em: 02 out.2018.

BRASIL. Ministério das Comunicações. Decreto S/N, de 16 de abril de 2009. 1ª Conferência Nacional de Comunicação.Convoca a 1ª Conferência Nacional de Comunicação e dá outras providências.
BRASIL. lei nº10.639, de 09 de janeiro de 2003. Altera a Lei nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996[...].Brasília, Diário Oficial, 10 jan.2003.Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/LEIS/2003/L10.639.htm. Acesso em:24 out.2018.
BRASIL. Decreto nº 5.820, de 29 de junho de 2006.Dispõe sobre implantação do SBTVD-T[...].Brasília,Diário Oficial, 30 jun.2006. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2004-2006/2006/Decreto/D5820.htm. Acesso em:24 out.2018.

DANTAS, Marcos. Resultados da Iª Confecom: uma avaliação preliminar. COMPÓS-Associação Nacional dos Programas de Pós-Graduação em Comunicação.Disponível em: http://compos.com.puc-rio.br/media/g6_marcos_dantas.pdf. Acesso em: 24 out. 2018.

DEMARCHI, Carlos Henrique; KERBAUY, Maria Teresa Miceli. O movimento pela democratização da comunicação no Brasil e a luta por políticas públicas na área: aproximações com a Folkcomunicação. RIF, Revista Nacional de Folkcomunicação, Ponta Grossa, v. 15, n. 34, p. 58-68, jan./jun. 2017.Disponível em: http://www.revistas.uepg.br/index.php/folkcom/article/view/2206/1526. Acesso em:22 out.2018.
DIÁRIO DE JUSTIÇA DO ESTADO DA BAHIA. Informações do processo 8003021-97.2018.8.05.0001.Disponível em:https://www.escavador.com/processos/80735702/processo-8003021-9720188050001-do-diario-de-justica-do-estado-da-bahia.Acesso em: 03 nov.2018.

ENECOS - EXECUTIVA NACIONAL DOS ESTUDANTES DE COMUNICAÇÃO SOCIAL. Resoluções Finais. 16º Enecom. Piracicaba, 19-25, julho de1987. Disponível em: https://issuu.com/enecos/docs/1987_-_resolu__es_finais_-_xi_enecom. Acesso em: 25 out.2018

FENAJ - FEDERAÇÃO NACIONAL DOS JORNALISTAS. 1ª Confecom foi espaço de definições sobre políticas de comunicação no Brasil, 18 de dezembro de 2009.Disponível em:
http://fenaj.org.br/1a-confecom-foi-espaco-de-definicoes-sobre-politicas-de-comunicacao-no-brasil/. Acesso em: 24 out. 2018.

FORUM NACIONAL DE DEMOCRATIZAÇÃO DA COMUNICAÇÃO (FNDC). Bases de um Programa para a Democratização da Comunicação no Brasil. 1994. Disponível em: http://fndc.org.br/documentos/documentos-historicos/. Acesso em:25 out.2018.


FRANCO, Ana Carolina Farias; LEMOS, Flávia Cristina Silveira. Algumas interrogações sobre o sistema de comunicação no Brasil: mídia e relações de poder, saber e subjetivação. Barbaroi nº38 Santa Cruz do Sul, ,p.60-78, jan-jun.2013. Disponível em: http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-65782013000100005. Acesso em:25 out.2018.

MARTINS, Carlos Augusto de Miranda. Negro, publicidade e o ideal de branqueamento da sociedade brasileira. Disponível em: http://www.revistas.usp.br/Rumores/article/view/51157. Acesso em: 02 out.2018.

MELLO, Maria Goés de. Movimentos Sociais em luta pela democratização da comunicação: da Confecom ao projeto de Lei da Mídia Democrática (2009-2013). 2015.Dissertação.(Mestrado em Comunicação Social) - Universidade de Brasília Faculdade de Comunicação, Programa de Pós-Graduação em Comunicação.Brasília. Disponível em: http://repositorio.unb.br/bitstream/10482/18342/1/2015_MariaGoesdeMello.pdf. Acesso em: 22 out.2018.

MULHERES DE PAZ.1ª Conferência Nacional de Comunicação no Brasil (Confecom).Disponível em:
http://www.mulherespaz.org.br/1a-conferencia-nacional-de-comunicacao-no-brasil-confecom/. Acesso em: 24 out.2018.

ROGERIO,Paulo.Avaliação da Unegro sobre a Confecom. Correio Nagô, Salvador, 20 dez. 2009.Disponível em:http://correionago.ning.com/profiles/blogs/avaliacao-da-ungegro-sobre-a.Acesso em: 02.nov.2018.
Publicado
2019-10-17
Como Citar
Braga, A. (2019). Comunicação e militância no contexto étnico-racial brasileiro. Revista Extraprensa, 12, 783-797. https://doi.org/10.11606/extraprensa2019.152900
Seção
GT5 - Congresso de iniciação científica