A criação da obra “A Resistência” de Ernesto Sábato e o contexto da literatura argentina no século XX-XXI

Autores

  • Inês Skrepetz Grupo GENTE

DOI:

https://doi.org/10.11606/extraprensa2010.77153

Palavras-chave:

Ernesto Sábato, Literatura argentina, Literatura hispano-americana

Resumo

O que nos propomos, no presente trabalho, é esclarecer de forma breve a trajetória intelectual e artística do escritor argentino Ernesto Sábato, bem como, as circunstâncias culturais que perpassam os diversos contextos históricos vividos por ele – já que estamos falando de um autor, ainda vivo, de quase um século de vida. Este breve percurso nos possibilitará analisar mais cuidadosamente, e com maior segurança, o contexto histórico-social e cultural em que a obra em foco, “A Resistência” (2000) foi escrita. Nesta perspectiva, se torna importante esclarecermos que elegeremos alguns dos principais temas e assuntos tratados em seus ensaios e romances, para então, posteriormente, entendermos melhor a criação da obra “A Resistência”, escrita no início do século XXI, e que está permeada de questões instigantes das muitas reflexões realizadas por Sábato nesta obra de “virada do século”, e que dizem respeito a uma investigação profunda dos principais problemas sociais e humanos da modernidade.


 

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Inês Skrepetz, Grupo GENTE

Mestranda de Estudos Literários da Universidade Federal do Paraná. Integra o Grupo GENTE, com pesquisa na área de Literatura Hispânica.

Downloads

Publicado

2010-11-25

Como Citar

Skrepetz, I. (2010). A criação da obra “A Resistência” de Ernesto Sábato e o contexto da literatura argentina no século XX-XXI. Revista Extraprensa, 3(3), 110-122. https://doi.org/10.11606/extraprensa2010.77153